Olá,

Visitante

Mamãe Seberiense: Grupo de Gestantes Realizado na Atenção Básica no Município de Seberi Rio Grande do Sul.

ObjetivoApresentar as práticas educativas desenvolvidas pela equipe multiprofissional no município de Seberi/RS no intuito de elevar os índices de parto normal e qualificar o pré-natal e nascimento.MetodologiaNo ano de 2017 foi reorganizado o Grupo de gestante que já existia no município. O atual Grupo de gestante, Mamãe Seberiense realiza 08 encontros quinzenalmente, onde a equipe multiprofissional formada por Psicólogos, Pedagogos, Obstétrico, Enfermeiro obstétrico, visitadores do Programa Primeira Infância Melhor, Nutricionista, Dentista, Assistente Social realizam os encontros. Em cada encontro é realizado uma conversa de 30 minutos com um profissional e posteriormente as gestantes participam de uma oficina de confecção de enxoval do bebê juntamente com artesãs. No final dos encontros é realizado visita a maternidade, recebido o kit de enxoval feito durante os encontros e um dia de beleza com Book fotográfico.

O município de Seberi está localizado no norte do Rio Grande do Sul/RS, possui uma população de 10.980 habitantes, 100% de cobertura de Estratégia de Saúde da Família, Núcleo de Apoio de Saúde da Família e dispõe de equipes multiprofissionais. Essa oferta de serviços para o atendimento as gestantes, contribui para o aumento dos índices de Parto Normal em razão de que o município apresenta números inferiores á media estadual, chegando no ano de 2017 a apenas 15,52% em comparação ao Parto Cesária. Buscando melhorar esses índices começou ser desenvolvido em 2017 um projeto, às gestantes, chamado Mamãe Seberiense. Com a finalidade de complementar o atendimento realizado nas consultas de pré-natal, melhorar a aderência das mulheres aos hábitos considerados mais adequados durante a gestação e diminuir ansiedades e medos relativos ao período gravídico e puerperal, além de trazer informação e orientação sobre a evolução da gestação e do trabalho de parto.

A construção do Projeto Mamãe Seberiense foi muito importante, pois contribuiu para promoção e prevenção da saúde da gestante, por meio de informações e reflexões quanto à experiência da maternidade, as mudanças do corpo, a adoção de práticas para manutenção da saúde e mudanças de hábitos para solucionar problemas ocasionados pela gestação, que automaticamente aumentaram os índices de Parto Normal no município.

Principal

Gracielli Ana Miotto Fiametti

A prática foi aplicada em

Rio Grande do Sul

Sul

Instituição

Seberi

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Ideiasus/Fiocruz, Conasems

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

05 fev 2016

e atualizada em

22 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Ações intersetoriais: integrando estratégias no combate às arboviroses na cidade de Belém do Brejo da Cruz (PB)
Paraíba
Práticas
Re(h)abilitando a interdisciplinaridade e o cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
A (in) visibilidade de quem está em situação de rua: caminhos possíveis para cuidado em saúde
Paraíba
Práticas
Do ambulatório LGBTQIAPNB+ ao Café com Diversidade: garantindo acesso e fortalecimento de vínculos
Paraíba
Práticas
Fato ou fake: utilizando a força da internet no combate a fake news sobre vacinação em Esperança – PB.
Paraíba
Práticas
Projeto saúde na feira: ampliando o acesso de serviços de saúde no município de Ingá.
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Promoção da saúde mental dos trabalhadores da estratégia de saúde da família: cuidando do cuidador.
Paraíba