Olá,

Visitante

Levantamento Situacional das Pessoas com Deficiência nos Territórios das Unidades de Estratégias de Saúde da Família ( Esf’S) e Pac´S.

Categoria não especificada

Atenção Básica (AB) como organizadora e norteadora do cuidado integral do indivíduo, através da atuação das Equipes de Saúde da Família (ESF’s) e seus Agentes Comunitários de Saúde (ACS’s), deve facilitar o acesso e organizar o cuidado ao longo dessa rede de assistência em todos os níveis. A notificação e tipologia das pessoas com deficiência dentro dos territórios adstritos ainda não corresponde de modo expressivo à realidade dessa população, quando comparado às pesquisas censitárias.

Fazer o levantamento situacional das pessoas com deficiência nos territórios cobertos pela AB, através das unidades de ESF e UBS com PAC’s,identificando prevalência e perfil sócio demográfico das pessoas com deficiência.

Concluímos que, se o Ministério de Planejamento através de pesquisa censitária(Censo, 2010)registrou uma população quase vinte vezes maior do que a notificada dentro dos territórios adstritos da atenção básica, é impossível acreditar que a saúde com grande cobertura assistencial da população, não consiga investir em um modelo mais eficaz, efetivo e integrador de notificação e registro, para que possa enxergar a real necessidade dessa população excluída pelo sistema

Principal

Negreiros, S.

Boccolini, P. M. M.

A prática foi aplicada em

Petrópolis

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

S

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Damião, V. S.

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
O trabalho das agentes comunitárias de saúde na promoção do uso correto dos medicamentos
Minas Gerais
Práticas
Melhor em Casa José de Freitas: Implantação de uma Nova Forma de Fazer Saúde.
Piauí
Práticas
Análise Espacial e Espaçotemporal da Aids no Município de São Paulo Entre 2001 e 2010.
São Paulo
Práticas
Aedes Aegypti: Controle Biológico
São Paulo
Práticas
Rádio Ânima
Santa Catarina
Práticas
Descentralização do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica para Interior do Amazonas
Rio de Janeiro
Práticas
Jovens Comunicadores
Rio de Janeiro
Práticas
Oficinas de Promotores Populares em Saúde: Estratégias para o Fortalecimento do Controle Social no SUS
Rio Grande do Sul
Práticas
Projeto de Inserção de Dados de Funcionalidade no Sistema de Coleta Simplificada (Cds) do E-SUS.
São Paulo
Práticas
Processo de Qualificação de Apoio Técnico ao Planejamento Municipal para Implementação do Coap no Estado do Pará
Pará