Olá,

Visitante

Estratégias para Atenção À Saúde da Pessoa Idosa Durante a Pandemia de Covid-19 em Magé-Rj

Durante a pandemia de covid-19, considerando as medidas sanitárias e de afastamento social adotadas para o controle da doença, foi necessário adaptar o processo de qualificação das equipes de APS para implantação da caderneta de saúde da pessoa idosa e ações de avaliação e cuidado a essa população no município de Magé-RJ.Em função disso, a coordenação municipal de saúde do idoso deu início a estratégias para o levantamento e monitoramento de dados referentes à saúde dos idosos acompanhados pelas equipes de atenção primária, incluindo o cadastramentos de todos os idosos dos territórios cobertos pela APS

As ações foram desenvolvidas visando tanto traçar um quadro que permitisse à equipe da coordenação municipal de saúde do idoso identificar e sanar problemas referentes à linha de cuidado para atenção à pessoa idosa, especialmente considerando as medidas sanitárias de afastamento social adotadas durante a pandemia de covid-19 e a maior vulnerabilidade dessa parcela da população durante esse período, como orientar a atenção à população idosa pelas equipes de atenção primária a partir da identificação do perfil dos idosos de seus territórios através da avaliação multidimensional, planejando as ações de cuidado para cada perfil de idoso.

Para superar as dificuldades de reprodução de material gráfico para impressão da ficha espelho da caderneta de saúde da pessoa idosa, e ainda possibilitar o monitoramento dos dados referentes à saúde dos idosos de cada território, a utilização de formulário digital que reproduza as informações contidas na ficha, a ser preenchido pelos profissionais da APS após a aplicação da caderneta foi fundamental.A partir do preenchimento desse formulário, a equipe da coordenação de saúde do idoso pode monitorar em tempo real o processo de implantação da caderneta nos territórios e utiliza os dados gerados em uma planilha eletrônica para levantamento do perfil dos idosos e planejamento das ações junto às equipes de APS.

Principal

Aline de Araujo Gonçalves da Cunha

alineagcunha.rj@gmail.com

A prática foi aplicada em

Magé

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

R. Pio XII, Nº 35 - Vila Esperanca

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Aline de Araujo Gonçalves da Cunha

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Experiência do Preventivo Humanizado no SUS
Maranhão
Práticas
Implantação do serviço de curativos na atenção básica do município de Arara: experiência exitosa
Paraíba
Práticas
Assistência odontológica aos trabalhadores da saúde municipal de Esperança: relato de experiência
Paraíba
Práticas
Caminhos do Cuidado, levando serviços de saúde para as comunidades rurais no município de Condado (PB)
Paraíba
Práticas
Gestar saudável – de 0 a 1000 dias
Paraíba
Práticas
Mapa territorial em saúde mental: instrumento exitoso do cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
Implementação da estratégia Tenda da Imunização para aumento de coberturas vacinais
Todos os Estados (Nordeste), Paraíba