Olá,

Visitante

Estratégia de Fortalecimento Das Ações de Imunização Contra a Covid-19 no Município de Lagoa Santa-MG

Categoria não especificada

Este trabalho tem o intuito de apresentar as estratégias utilizadas no município de Lagoa Santa/MG para imunização da população frente à Pandemia de COVID-19. Compartilhar os desafios, estratégias e experiências exitosas enfrentadas no decorrer das fases de imunização, os processos de trabalho, mecanismos de busca, sensibilização e alcance dos públicos alvos para imunização. Espera-se dessa forma, contribuir com o desenvolvimento e consolidação de estrátegias para reverter o declínio nas taxas de cobertura vacinal no país.

Estratégias de Fortalecimento das ações de imunização: Cadastro Individual do Cidadão Elegível: Enquanto estratégia geral para as ações de imunização em Lagoa Santa/MG, foram realizados cadastro da população alvo e/ou elegível para vacinação através de link de acesso, disponibilizado no site oficial da Prefeitura Municipal de Lagoa Santa. Por meio deste cadastro foi possível identificar e localizar cidadãos ainda não vinculados às Unidades Básicas de Saúde, aumentando consideravelmente a população cadastrada na Estratégia de Saúde da Família. O município iniciou a campanha de vacinação com 53.725 cadastros na APS (dados SISAB de dezembro de 2019), e após um ano de vacinação constava com 75.932 cidadãos cadastrados na APS (dados SISAB de dezembro de 2021). Imunização por agendamento Todas as etapas de vacinação do município foram realizadas por meio de agendamento, tendo como base o cadastro e busca atíva realizadas pelos profissionais da assistência à saúde. Com esta estratégia e engajamento o município conseguiu aplicar, até o momento, 149.742 imunizantes contra COVID-19. O que significa cobertura da população elegível em 86,66% (1ª dose), 81,16% (2º dose) e 52,15% (dose de reforço). Tendo em vista a grande dimensão da campanha de imunização para COVID-19 e a fim de respeitar todas as medidas de segurança e prevenção ao Covid-19, em Lagoa Santa, optou-se por fazer a vacinação dos idosos em domicílio, crianças de 5 a 11 anos sem comorbidades nas escolas públicas e privadas e os demais grupos elegíveis por meio de agendamento nas Unidades CEMM Várzea e CEMM Vila Maria. Este modelo foi pensado no intuito de evitar filas e aglomeração nas salas de vacinação do município, prezando pela segurança e conforto dos usuários, além de assegurar o controle de doses a serem administradas por local e público-alvo. O processo de agendamento do paciente inicia-se na UBS através da verificação de cadastros e busca ativa da população alvo correspondente a cada fase de vacinação. Por conseguinte realiza o contato com o cidadão e efetivação do agendamento para receber o imunizante. O agendamento facilitou a busca e identificação de cidadãos para aplicação também da 2ª dose e dose de reforço. Comunicação e Educação em Saúde Em todas as etapas do programa de imunização da COVID-19, foram realizadas notícias e comunicados, divulgados no site oficial da Prefeitura Municipal de Lagoa Santa e em suas redes sociais. Os principais objetivos das publicações são de informar, sensibilizar e dar transparência às atividades realizadas e programadas no município. Lagoa Santa já iniciou a vacinação contra a Covid-19 em crianças na faixa etária de 5 a 11 anos com comorbidade. Para vacinar é necessário o cadastramento da criança no link abaixo. A vacinação está sendo realizada na Creche Alaide Lisboa, CEMM Várzea e Escola Mércia Margarida. A equipe foi treinada para seguir todos os protocolos definidos pelo Ministério da Saúde e Secretaria de Estado da Saúde. A vacinação acontece por agendamento. Organizamos o serviço de Farmacovigilância com o suporte médico de um pediatra para orientações necessárias e acompanhamento no local da vacinação caso haja alguma intercorrência. PMLS – Notícias, 15 Janeiro 2022 A fim de combater fake news e se comunicar com a população, foram proporcionados encontros em canal da Prefeitura de Lagoa Santa, chamado “Live com o Prefeito”, onde profissionais de Saúde esclarecem e desmistificam dúvidas quanto à vacinação. Outra ferramenta de comunicação utilizada pelo municipío foi o “Disk Vacina “, canal de atendimento telefônico para tirar dúvidas e orientar a população quanto à vacinação. As principais dúvidas registradas são: Quantas doses precisa tomar; Qual intervalo entre cada doses; Qual a atual de vacinação; Qual a localização das salas de vacina; Há imunizante disponível; e Quais efeitos colaterais da vacina.

As estratégias adotadas pelo município de Lagoa Santa desde o início da campanha de vacinação contra a COVID-19 possibilitou conhecer seus residentes através do cadastramento e suas comorbidades associadas, gerando acompanhamento destes pelas equipes de saúde da família do município. A adoção de medidas como a vacinação in loco em serviços de saúde essenciais, como o Hospital da Santa Casa de Lagoa Santa e Hospital da Aeronáutica e serviços de população de alto risco, como os asilos, foi estratégico para proteção à saúde de trabalhadores e munícipes. Por fim, a estratégia de agendamento para recebimento do imunizante juntamente com ações de educação em saúde gerou segurança aos munícipes, organização do serviço, contribuindo para o trabalho seguro e efetivo. Diante do exposto, o município conseguiu alcançar sobretudo, uma boa cobertura vacinal contra COVID-19 não apenas na 1ª dose, mas como na 2ª dose e segue nos esforços para a dose reforço.

Imunização COVID-19, Cadastro populacional APS, Educação em Saúde, Disk Vacina, Comorbidades COVID-19.

Principal

Gilson Urbano de Araújo

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Teste do Certificado
Minas Gerais
Práticas
ADESÃO DAS GESTANTES AO PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO: UMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
Paraíba
Práticas
A PRÁTICA DE PRIMEIROS SOCORROS NO CONTEXTO DE UM CURSO TÉCNICO PARA AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE
Paraíba
Práticas
Vacinação nos espaços de formação: experiência no 2º Congresso Nordestino de Pediatria
Paraíba
Práticas
A (in) visibilidade de quem está em situação de rua: caminhos possíveis para cuidado em saúde
Paraíba
Práticas
Título: Autismo – uma causa municipal.
Paraíba
Práticas
Do ambulatório LGBTQIAPNB+ ao Café com Diversidade: garantindo acesso e fortalecimento de vínculos
Paraíba
Práticas
Atuação intersetorial nos casos suspeitos de TEA na primeira infância, um relato de experiência.
Paraíba
Práticas
Programa Bolsa Família: processo formativo para profissionais da atenção primária
Paraíba