Olá,

Visitante

Dia D – Campanha de Atualização de Caderneta de Vacina nas Escolas

Categoria não especificada

As vacinas são importantes para prevenir doenças e salvar vidas. Dessa forma, é necessário manter campanhas para que a sociedade tenha em mente sobre o quanto o cartão de vacinação atualizado é importante para prevenir o retorno de doenças erradicas. Com o objetivo de fortalecer o sistema imunológico, as vacinas estimulam a produção de anticorpos que combatem agentes infecciosos – como vírus e bactérias – e evitam o adoecimento. Assim foi realizado nas escolas de rede pública e particular no município de Itanhandu/MG Campanha de atualização de Caderneta de Vacina no período de 29 de novembro de 2022 a 01 de dezembro de 2022 onde o público alvo foram adolescentes do ensino fundamental II e ensino médio. Sendo ofertados todas as vacinas do calendária básico do adolescentes e campanhas vigentes, sendo esses: Hepatite B, Febre Amarela, dupla, Tríplice Viral, HPV, Pneumo e Meningo ACWY (até 15 anos), Meningo C ( a partir de 15 anos), Influenza (resgistrar como rotina), Covid Pfizer.

Após realização de reuniões sobre o plano “Estratégias para o aumento da Cobertura Vacinal em crianças menores de um ano no estado de minas gerais: uma pesquisa-ação” juntamente a reginal, o município identificou e pactuou verificar cartões e oferecer vacinação aos adolescentes e ainda como um dos desafios foi a questão específica sobre qual base de dados o Ministério da Saúde realiza estimativas populacionais sendo esses através do IBGE – forneceria um denominador para o cálculo da cobertura vacinal, oferecendo estimativas mais próximas da real, mas nunca eficaz, pois sabe-se que a margem de erro afeta alcançar metas, sendo assim há necessidade de adequações no atual sistema de informação.

Com intuito de aumentar meta e manter a população imunizada, visto que através do programa PNI as metas foram intensificadas em correção de registro observou-se foi realizado nas escolas de rede pública e particular no município de Itanhandu/MG Campanha de atualização de Caderneta de Vacina no período de 29 de novembro de 2022 a 01 de dezembro de 2022 onde o público alvo foram adolescentes do ensino fundamental II e ensino médio usando a metodologia: Realizado reuniões com para firmar paceria em Secretaria de Educação/Saúde e posteriormente com responsáveis pelas escolas. Sendo assim a Campanha nas escolas foram usadas as estratégias: Só foi vacinado o aluno munido do termo de autorizaçãoassinado pelo responsável, realizado conferencia todos os cartões, caso cartão incompleto sem o termo foi entregue convocação anexando na cardeneta e/ou cartão orientando a procurar o PSF. Foi preenchido pelas escolas uma listagem por turma com nome, CNS, DN, assim falicita o registro e agilidade na ação. E só foi vacinados alunos/adolescentes munidos com cartão de vacina.

A metodologia permitiu implantar estratégias de intervenção que possam resgatar os não vacinados e corrigir ou adequar aspectos de natureza operacional, porém foi encontrado obstáculos e dificuldades, sendo estes: a falta de estrutura nas escolas, a organização da documentação solicitada a ser preenchida para agilidade da ação, contuto obsersevou um resultado1143 alunos que apresentarem o cartão de vacinação, sendo vacinados com termo de autorização 291 alunos, obtendo um percentual de 25,45%, ressaltando que 1 escola particular não foi possível a realização da ação devido intercorrências no município. Olhando pelos pontos positivos notou-se a aderencia de pais e/ou responsáveis e a efetividade de atualizar 291 cartões de adolescentes. Com isso, está em desenvolvimento no ano de 2023 novo plano de Campanha de Vacinação nas Escolas, sendo que estes está sendo reetruturado a melhorara fluxo como: Espaço, Local arejado, Preenchimento da escola na documentação, Tempo para execução da ação.

Principal

UENDY APARECIDA FERNANDES MONTEIRO

A prática foi aplicada em

Região

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

23 dez 2023

e atualizada em

23 dez 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

Você pode se interessar também

Práticas
ADESÃO DAS GESTANTES AO PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO: UMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
Paraíba
Práticas
A PRÁTICA DE PRIMEIROS SOCORROS NO CONTEXTO DE UM CURSO TÉCNICO PARA AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE
Paraíba
Práticas
Vacinação nos espaços de formação: experiência no 2º Congresso Nordestino de Pediatria
Paraíba
Práticas
A (in) visibilidade de quem está em situação de rua: caminhos possíveis para cuidado em saúde
Paraíba
Práticas
Título: Autismo – uma causa municipal.
Paraíba
Práticas
Do ambulatório LGBTQIAPNB+ ao Café com Diversidade: garantindo acesso e fortalecimento de vínculos
Paraíba
Práticas
Atuação intersetorial nos casos suspeitos de TEA na primeira infância, um relato de experiência.
Paraíba
Práticas
Programa Bolsa Família: processo formativo para profissionais da atenção primária
Paraíba
Práticas
As PICS como ferramenta potencializadora no cuidado a saúde do trabalhador
Paraíba