Olá,

Visitante

Construção de uma Ferramenta para Sistematização e Racionalização do Processo de Auditoria no Programa Farmácia Popular do Brasil-Pfpb: uma Experiência Inovadora

Até o advento da criação da Ferramenta, o grande volume de dados, informações e variáveis era o maior desafio para o cumprimento das metas estabelecidas para a elaboração do relatório de auditoria. O tempo médio para execução das auditorias do PFPB era de dois meses, envolvendo várias pessoas na equipe e gerando demanda reprimida. Somam-se a essas dificuldades os riscos decorrentes do trabalho manual e da falta de padronização no registro dos dados. Além disso, no momento de alterar as informações havia grande dificuldade, pois fazia-se necessário refazer todos os cálculos.Assim, tornou-se indispensável a racionalização e a sistematização do processo de trabalho, utilizando-se uma metodologia ágil e eficaz para atender à demanda existente. Objetivos: Realizar as auditorias do PFPB de forma ágil, precisa e eficiente, reduzindo a demanda reprimida, com a utilização de um processo automatizado. Dinamizar o levantamento e a análise dos indicadores, o cruzamento das diversas informações, os cálculos e a elaboração dos relatórios. Descrição sucinta A Ferramenta é um processo informatizado desenvolvido em ACCESS e VBA, que facilita ao auditor, desde a captação e análise dos dados até a elaboração dos relatórios finais da auditoria. Seu funcionamento é realizado com o vinculo a uma planilha Excel, onde são armazenadas todas as informações. Adotou-se esse recurso com o objetivo de garantir a liberdade de utilização dos dados em diferentes técnicas, recursos e métodos. Na etapa final, a Ferramenta verifica e cruza os dados, executa os cálculos e elabora os relatórios no layout final. ResultadosRedução do tempo de realização da auditoria em cerca de 50% e do número de servidores por auditoria.Padronização do processo de trabalho. Percepção aprimorada das irregularidades e maior precisão na análise.Ampliação do período e da quantidade de medicamentos a serem auditados.Utilização em todas as unidades do DENASUS.RecomendaçõesConstrução de processos semelhantes para utilização em outros tipos de auditorias, além do PFPB.Criação de um banco de dados de indicadores com os resultados das auditorias, visando subsidiar o planejamento, monitoramento e avaliação do PFPB.

Diante da complexidade das auditorias do PFPB e do grande volume de informações a serem analisadas, a DIAUD/SP, em 2013, construiu uma Ferramenta informatizada visando aperfeiçoar o processo de trabalho, a análise dos indicadores, o cruzamento de informações e a emissão dos relatórios finais.Em virtude do sucesso obtido, a ferramenta passou a ser utilizada nas demais unidades do DENASUS, padronizando o processo de trabalho em nível nacional.

Principal

Plauto Ricardo de Sá E Benevides

A prática foi aplicada em

Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Plauto Ricardo de Sá e Benevides

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Conselho itinerante:fortalecendo o controle social em Junco do Serido-PB
Paraíba
Práticas
Oficina de Culinária Afeto e Sabor
Paraíba
Práticas
Aproximando a Comunidade com a Gestão da Atenção Primária em Saúde
Rio de Janeiro
Práticas
Gestão Estratégica e Participativa no SUS: Implantando Novas Instâncias Deliberativas no Município Paulo Jacinto – Al
Alagoas
Práticas
Visita Domiciliar ao Usuário do SUS com Demanda Judicial
Ceará
Práticas
Importância da Conferência Municipal de Saúde para o Fortalecimento da Participação da Comunidade na Defesa do SUS.
Paraíba
Práticas
Participação Popular na Estratégia Saúde da Família em Petrópolis-Rj
Rio de Janeiro
Práticas
Roda de Conversa com As Famílias: Cuidando de Quem Cuida
Rio de Janeiro
Práticas
Implantação de Colegiado Gestor nas Unidades de Saude da Família de Japeri-Rj
Rio de Janeiro
Práticas
Controle Social e Saúde do Trabalhador: a Experiência Regional do Conselho Gestor do Cerest- Pólo Duque de Caxias – Rj
Rio de Janeiro