Olá,

Visitante

A Reorganização da Rede de Saúde Materna e Infantil, Através da Implantação do Comitê de Investigação de Mortalidade Materna, Infantil e Fetal no Município de Itacoatiara/Am.

FINALIDADE DA EXPERIÊNCIA:Reorganizar a Rede Materna e Infantil, através da implantação do comitê de investigação e consequentemente reduzir a mortalidade materna, infantil e fetal no município de Itacoatiara

A investigação dos óbitos maternos e infantis ainda é considerada de baixa proporção, principalmente nos municípios do norte e nordeste do pais. É necessário um grande esforço para que a investigação desses óbitos seja efetivamente implantada/implementada, haja vista ser relevante estratégia para a redução dos óbitos maternos e infantis, considerando as altas taxas de mortalidade no País. Uma estratégia fundamental para a prevenção desses óbitos é a criação e o fortalecimento de comitês de morte materna e infantil nos âmbitos nacional, regional, estadual, municipal e hospitalar. Com base nesses dados, estados e municípios podem estabelecer políticas mais eficazes de atenção à saúde materno-infantil.No município de Itacoatiara, a taxa de mortalidade infantil ainda é considerada alta, apesar de ter apresentado uma redução ao longo dos últimos anos, declinando de 21,12/1000 nascidos vivos em 2009 para 12,14/1000 nascidos vivos em 2013. (também em números absolutos e para resultados)Com intuito de reduzir a mortalidade materna infantil e fetal no Município, a gestão adotou como estratégia implantar o Comitê de Vigilância de Óbitos Maternos, Infantis e Fetal, o qual foi serviu de disparador para a reorganização da Rede materna e infantil do Município.

Todos os municípios podem implantar o comitê de investigação de mortalidade materna, fetal e infantil e através deste, espera-se que os membros possam compreender os determinantes que envolvem a realidade dos óbitos, prosseguir na evolução das investigações e deste modo, produzir mais estratégias para a redução da mortalidade materna, infantil e fetal, além de aprimorar a qualidade do pré-natal.A Implantação do Comitê de Mortalidade Materna, Infantil e Fetal, foi uma ferramenta de grande importância para o município, uma vez que contribui para o processo de reorganização da rede materno-infantil, colaborou para a integração dos profissionais de saúde da Atenção Primária, Vigilância Epidemiológica e Hospital Regional José Mendes. Além de disparar discussões entre os profissionais das equipes e membros do comitê em busca da melhoria da qualidade do pré-natal, e consequentemente a redução da mortalidade materna, infantil, fetal, além de alcançar as meta pactuadas pelo município.

Principal

Iara das Chagas da Costa

A prática foi aplicada em

Itacoatiara

Amazonas

Norte

Instituição

RUA CONSELHEIRO RUI BARBOSA

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Iara das Chagas da Costa

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 nov 2020

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Experiência do Preventivo Humanizado no SUS
Maranhão
Práticas
Implantação do serviço de curativos na atenção básica do município de Arara: experiência exitosa
Paraíba
Práticas
Assistência odontológica aos trabalhadores da saúde municipal de Esperança: relato de experiência
Paraíba
Práticas
Caminhos do Cuidado, levando serviços de saúde para as comunidades rurais no município de Condado (PB)
Paraíba
Práticas
Gestar saudável – de 0 a 1000 dias
Paraíba
Práticas
Mapa territorial em saúde mental: instrumento exitoso do cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
Implementação da estratégia Tenda da Imunização para aumento de coberturas vacinais
Todos os Estados (Nordeste), Paraíba