Olá,

Visitante

A Importância da Avaliação da Acuidade Visual em Escolares da Rede Municipal de Porto Seguro

Finalidade da experiência

O Programa Saúde na Escola (PSE) propõe que as ações de promoção e prevenção de agravos à saúde ocular realizadas no espaço escolar sejam parte integrante da rotina das equipes de saúde e educação. Estas ações têm como foco a identificação, o mais precoce possível, de agravos à saúde por meio de um olhar cuidadoso e singular. OPSE também preconiza que a continuidade do cuidado, quando necessária, seja compartilhada entre as equipes. A aferição da acuidade visual pode ser realizada sem a necessidade de equipamentos avançados por meio da tabela de Snellen a partir dos cinco anos. Consiste em uma avaliação inicial que busca identificar, no educando, a existência de problemas de refração que necessitarão de uma consulta oftalmológica. Na avaliação de acuidade visual com o Teste de Snellen, o material a ser utilizado é: Escala Snellen, lápis preto para apontar os optotipos (letras), giz ou fita adesiva, cartão oclusor, cadeira, fita métrica ou barbante e impresso para anotação dos resultados. A Escala Snellen deve ser colocada numa parede a uma distância de cinco metros da pessoa a ser examinada. Segundo o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), esta avaliação pode ser realizada por Agentes Comunitários de Saúde, Enfermeiros, Auxiliares de Enfermagem, Professores, Alfabetizadores ou por qualquer outra pessoa, desde que adequadamente qualificada.

A experiência vivenciada no período da triagem dos escolares, bem como durante o acompanhamento dos mesmos na consulta ocular foi de grande importância, uma vez que a educação e socialização das crianças estão inseridas e interligadas junto às ações de promoção de saúde, assumindo um papel decisivo na prevenção e detecção precoce de deficiências oculares, feitas na infância, como melhores recursos para o combate a visão subnormal. Os resultados obtidos e observados na experiência ressaltam a importância de campanhas para detecção e prevenção dos problemas visuais, justificando a realização da iniciativa do programa saúde na escola com avaliação da acuidade visual, como promoção da saúde ocular.

Principal

Larissa Altoé Santana Carvalho

sms.portoseguro@hotmail.com

A prática foi aplicada em

Porto Seguro

Bahia

Nordeste

Instituição

Rua Alfredo Dutra, nº:1 – Centro.

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Larissa Altoé Santana Carvalho

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Ações intersetoriais: integrando estratégias no combate às arboviroses na cidade de Belém do Brejo da Cruz (PB)
Paraíba
Práticas
Re(h)abilitando a interdisciplinaridade e o cuidado na atenção primária à saúde
Paraíba
Práticas
A (in) visibilidade de quem está em situação de rua: caminhos possíveis para cuidado em saúde
Paraíba
Práticas
Do ambulatório LGBTQIAPNB+ ao Café com Diversidade: garantindo acesso e fortalecimento de vínculos
Paraíba
Práticas
Fato ou fake: utilizando a força da internet no combate a fake news sobre vacinação em Esperança – PB.
Paraíba
Práticas
Projeto saúde na feira: ampliando o acesso de serviços de saúde no município de Ingá.
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Promoção da saúde mental dos trabalhadores da estratégia de saúde da família: cuidando do cuidador.
Paraíba