Olá,

Visitante

A Educação Permanente Como Eixo Norteador no Agir dos Trabalhadores da Secretaria Municipal de Saúde de Tefé-Am.

O projeto está sendo orientado pela Rede Unida e financiado pelo MS e OPAS. O eixo norteador é a Educação Permanente em saúde (EPS) na busca por processos de co-gestão, gestão participativa e compartilhamentos de saberes, através da articulação entre as múltiplas experiências técnicas destas instituições e também relatar as experiências de EPS vivenciadas no município de Tefé a partir de 2017.METODOLOGIA: O planejamento das atividades de EPS está sendo realizada em diálogo entre as coordenações da Rede Unida e da Gestão de Trabalho e da Educação na Saúde (CGTES). 1ª fase: Qualificação dos trabalhadores da Saúde do Município ocorreu entre outubro/dezembro de 2017. A 2ª fase: ocorreu entre janeiro/abril de 2018. As oficinas utilizaram das Metodologias de EP, através de roda de conversa, dinâmicas e metodologia ativa e significativa estimulando e sensibilizando os trabalhadores para qualificar as práticas adotadas no cotidiano do trabalho, potencializando o diálogo entre os serviços-comunidade-gestão.

Implementar estratégias da EPS com os trabalhadores

A metodologia ativa e as rodas de conversa têm valorizado cada participante, como potencial humano e profissional, permitindo uma aprendizagem significativa com troca e partilha de vivencias e saberes. Acredita-se que terá diferentes tipos de efeitos sobre os processos de trabalho na Saúde no Município de Tefé. O projeto tem contribuído com o fortalecimento das políticas públicas de saúde e a efetivação do SUS em um dos territórios da Amazônia.

Principal

Maria Adriana Moreira

adrianamoreira2005@yahoo.com.br

A prática foi aplicada em

Goiás

Centro-Oeste

Instituição

Tefé

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Ideiasus / Conasems

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Objeto de Aprendizagem Sobre o Calendário Vacinal de Pessoas Vivendo com Hiv/Aids para Profissionais de Saúde
Rio Grande do Sul
Práticas
Telemedicina: o Telediagnóstico de Espirometria Como Estratégia de Fortalecimento da A.P.S.
Rio de Janeiro