Olá,

Visitante

Territorialização e Expansão do Acesso na Atenção Básica em Pimenta Bueno: Redução de Nove para Duas Áreas des cobertas Pelos Agentes Comunitários de Saúde – Acs

A territorialização é a definição do território de responsabilidade de cada equipe. o mesmo deve ser refeito ou atualizado sempre que necessário, considerando que o território é vivo e dinâmico, segundo o Ministério da Saúde (2018). A definição do território de responsabilidade sanitária das Equipes de Saúde da Família (ESF) permite que as mesmas façam o reconhecimento das condições de vida e saúde e a adscrição da população de referência. o município de Pimenta Bueno possui sete ESF urbanas e uma rural e 67 Agentes Comunitários de Saúde (ACS), sendo que desses, 48 são dá área urbana. em 2017 o município realizou o redimensionamento das áreas dos ACS das ESF das Unidades Básicas de Saúde (UBS) Madre Tereza, Pastor Ismaelino, Pastor Jonas e Maura Ferreira, tendo em vista que existiam nove áreas descobertas, e após o processo de territorialização, reduziu a necessidade de contratações de nove para dois ACS.

Objetivo Geral: Ø Redimensionar as áreas descobertas do território das ESF, ampliando a cobertura da Estratégia no município. Objetivos específicos: Ø Atualizar e realizar os cadastros novos do território das ESF. o município possuía nove áreas descobertas nos territórios de quatro UBS, e ACS com cadastros de usuários abaixo do preconizado pelo Ministério da Saúde. Diante disso, foi realizado um processo participativo, envolvendo os ACS e as enfermeiras das equipes, onde foi solicitado a atualização e cadastramento dos usuários do seu território já definido. Caso estivesse abaixo de 650 usuários, os mesmos iriam ganhar área nova descoberta, e assim foi feito até a conclusão do processo de redimensionamento do território com ampliação da adscrição da população à ESF. em algumas equipes foi necessário alterar a área de todos os ACS para cobrir as áreas descobertas, objetivando alcançar uma divisão justa de usuários cadastrados por ACS.

Para inserir novas áreas aos ACS, foi necessário um parecer junto à Procuradoria Municipal do Município – PGM, para autorizar que os ACS pudessem ser remanejados dentro do território da ESF onde atuam, conforme necessidades e não restritos a microárea, tendo em vista que o concurso foi realizado por microáreas, e assim estariam fora da área designada no concurso Após todo o processo de redimensionamento foi possível a redução de nove áreas descobertas para apenas duas áreas descobertas. Além da otimização de recursos, o processo gerou a expansão da cobertura territorial por ESF no município e da adscrição da clientela, alcançando avanços na implementação do SUS e do cuidado na atenção básica em acordo com as políticas de saúde vigentes.Com a reorganização do trabalho das equipes, foi possível fortalecer a atenção básica, ampliando a cobertura de ACS, e reduziu a necessidade de contratações de nove para dois ACS. Consequentemente, evitou a oneração com folha de pagamento, culminando com a eficiência nos gastos públicos. o planejamento do trabalho das Equipes necessita acompanhar a dinâmica do território, para garantir o acesso universal e a qualidade do cuidado conforme preconiza o SUS.

Principal

Gracielen Cristina Milomes Alves

assessoriapimentabueno@gmail.com

Coautores

Cristiane Da Silva, Jair Machado De Oliveira, Elilia Maria F.Andrade, Thainara Campos Da Silva, Raquel Nunes Holanda Lenzi

A prática foi aplicada em

Pimenta Bueno

Rondônia

Norte

Instituição

Rua Do Cabo, 2474 Bairro: Costa E Silva Cidade: Porto Velho Cep: 76803-500

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Marineide Mariano Goulart

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

26 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Implantação de laserterapia na rede de atenção à saúde de Pilar (PB): relato de experiência
Paraíba
Práticas
Atenção e cuidado ao paciente portador de feridas no SUS em Pilar (PB)
Paraíba
Práticas
Oferta e Inserção do DIU pelo Enfermeiro na Atenção Primária a Saúde do Município de Assunção
Paraíba
Práticas
A prática da natação para crianças e adolescentes com deficiência em município do sertão paraibano
Paraíba
Práticas
Potencializando ações e atendimentos itinerantes nos bairros para melhoria e alcance de metas
Paraíba
Práticas
Implantação do cuidado farmacêutico na atenção básica, integrando farmácia a rede de atenção a saúde
Paraíba
Práticas
A eficácia do instrumento de classificação de risco gestacional na atenção primaria à saúde.
Paraíba