Olá,

Visitante

Saúde Prisional e Equipe de Saúde: Serviços Multidisciplinares na Cadeia Pública de Itabaiana – Pb

A atenção em saúde no sistema prisional de Itabaiana – PB assegura juntamente ao estado seus direitos fundamentais aos cárceres, pelo fator principal dos mesmos encontrarem-se inteiramente sobre custodia do estado. Esse trabalho é embasado na pesquisa qualitativa, pois baseia-se no caráter subjetivo, narrativas e ideias. A fisioterapia se faz necessária por sua população ser tabagista e apresentarem riscos de hipoventilação e atelectasia mediante a diminuição da capacidade pulmonar, necessitando assim de fisioterapia respiratória para melhorar a capacidade pulmonar e expansibilidade torácica, tão quão patologias alojadas osteomioarticular traumáticas e não traumáticas, necessitando de fisioterapia motora. Já a psicologia busca oferecer subsídios para a reflexão e ampliação das ações na prática cotidiana. Não podemos deixar de apontar que os desafios e as dificuldades enfrentadas nesse campo é descomunal e que mediante esforços buscamos práticas inovadoras. Seu foco principal seria a convivência dos presos e saúde emocional. No contexto alimentar e nutricional, são requisitos básicos para a promoção e a proteção da saúde, é um direito humano que visa assegurar o cumprimento fundamental para a segurança alimentar e nutricional, sendo expressão importante na vida cotidiana da massa carcerária. Por fim, contamos com atendimentos médico, odontológico e suporte diário da enfermagem.

Contribuir efetivamente no processo de trabalho do serviço de saúde na atenção a pessoa privada de liberdade, conhecendo os elementos do processo, suas particularidades e especificidade desse ambiente.

Diante do exposto, refletimos sobre o que é o processo de trabalho em saúde da pessoa privada de liberdade considerando as práticas da equipe e suas especificidades no campo de saúde dessa população especifica. O SUS possibilita através da PNA mudar o comportamento do indivíduo a respeito da sua saúde, por fim, ainda existem dificuldades em levar uma política pública, para fazer-se valer, de fato, no cotidiano das ações do sistema prisional.

Principal

Renan da Silva Bezerra de Lima

renangestor@bol.com.br

A prática foi aplicada em

Itabaiana

Paraíba

Nordeste

Instituição

Itabaiana

Uma organização do tipo

Organização social

Foi cadastrada por

Renan da Silva Bezerra de Lima

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Projeto Coração Forte: realização de exames de holter 24h (eletrocardiograma dinâmico), medição ambulatorial da pressão arterial em 24 (mapa 24h), eletrocardiograma de esforço (teste ergométrico), eletrocardiograma de repouso e ecocardiograma transtorácico no município de Belém do Brejo do Cruz, no Sertão da Paraíba.
Paraíba
Práticas
SOS CORAÇÃO
Rio de Janeiro
Práticas
Triagem Multidisciplinar de TEA em Petrópolis: uma parceria necessária e significativa.
Rio de Janeiro
Práticas
Assistência de média complexidade em município de pequeno porte: experiência de Mendes (RJ)
Rio de Janeiro
Práticas
Experiencia de Barra do Piraí no suporte as enfermidades cardiovasculares no leito de cuidados prolongados na rede de urgência e emergência do Médio Paraíba.
Rio de Janeiro
Práticas
O trabalho do assistente social no âmbito hospitalar: acolhimento e garantia de direitos.
Rio de Janeiro
Práticas
Indicadores de excelência do HMSJ em doação de órgãos para transplante
Santa Catarina
Práticas
Assistência Domiciliar Aos Pacientes do Serviço de Atenção Especializada em Ist/Aids do Município de Vila Velha-Es
Espírito Santo
Práticas
Experiência Regulação odontológica da Atenção Primária X Especialidades – Ceo
Paraíba
1 / 512345