Olá,

Visitante

Relato Sobre o Processo de Implantação E/Ou Implementação das ouvidorias Municipais do SUS no Âmbito da 3ª Região de Saúde do Ceará Maracanaú no Período de 2012/2013.

IntroduçãoAlém do estabelecido pela Constituição Federal e pela Lei Orgânica da Saúde, a Política Nacional de Gestão Estratégica e Participativa no SUS tem por base os vários princípios e diretrizes, entre eles está à ampliação dos espaços de ausculta da sociedade em relação ao Sistema único de Saúde – SUS, articulando-os com a gestão do sistema e a formulação de políticas públicas de saúde. Constam também na referida política quatro componentes e um deles é a Ouvidoria do SUS.As ouvidorias são canais democráticos de comunicação, destinados a receber manifestações dos cidadãos, incluindo reclamações, denúncias, sugestões, elogios e solicitação de informações, por meio da mediação e da busca de equilíbrio entre os entes envolvidos (cidadão, órgãos e serviços do SUS), é papel da Ouvidoria efetuar o encaminhamento, a orientação, o acompanhamento das demandas e o retorno ao usuário, com o objetivo de propiciar resoluções adequadas aos problemas apresentados, de acordo com os princípios e diretrizes do SUS. Elas fortalecem o Sistema Único de Saúde e a defesa do direito à saúde da população por meio do incentivo à participação popular e da inclusão do cidadão no controle social. São, portanto ferramentas estratégicas de promoção da cidadania em saúde e produção de informações que subsidiam as tomadas de decisão. (BRASIL, MS, 2009).JustificativaO trabalho realizado pela 3ª Coordenadoria Regional de Saúde do Ceará ? Maracanaú (3ª CRES) junto aos municípios que compõem a 3ª Região de Saúde do Ceará ? Maracanaú (3ª RS): Acarape, Barreira, Guaiúba, Maracanaú, Maranguape, Pacatuba, Palmácia e Redenção, justifica-se por entender a importância das Ouvidorias Municipais do SUS como canais de comunicação que possibilitam a mediação e a busca do equilíbrio entre os cidadãos e os serviços do Sistema Único de Saúde ? SUS, portanto torna-se imprescindível o compromisso dos gestores na tarefa de promover e estruturar as Ouvidorias como canais abertos e acessíveis de comunicação com a população com vistas à identificação de suas reais necessidades no que se refere aos serviços de saúde disponibilizados pelos municípios na perspectivade institucionalização das Ouvidorias como espaços bem estruturados e articulados em conjunto com a comunidade.ObjetivoFortalecer o processo de Implantação e/ou implementação das Ouvidorias Municipais do SUS, das Secretarias Municipais de Saúde da 3ª Região de Saúde do Ceará – Maracanaú.Descrição da Metodologia:Para atingir os objetivos propostos a equipe da 3ª CRES elaborou inicialmente um Plano de Ação que traz em seu bojo o assessoramento aos municípios da 3ª RS, no que se refere a implantação e/ou implementação das Ouvidorias Municipais do SUS. Para tanto utilizou uma metodologia de trabalho estruturada em quatro grandes momentos.Primeiro: A realização de um diagnóstico situacional com tabulações e elaboração de relatórios para cada Secretário Municipal de Saúde

A fragilidade no processo de Implantação e/ou implementação das Ouvidorias Municipais do SUS nos Municipais de Saúde da 3ª Região de Saúde do Ceará – Maracanaú.

Principal

Mariluce Dantas Soares

A prática foi aplicada em

Fortaleza

Ceará

Nordeste

Instituição

Endereço

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Mariluce Dantas Soares

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

06 jan 2018

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Centro Administrativo Senador Dr. Teotônio Vilela – Paço Municipal – Bairro Jardim América
Rondônia
Práticas
A Participação da Comunidade na Qualificação dos Processos de Trabalhos das Esfs no Município de Santa Rosa – Rs
Rio Grande do Sul
Práticas
Exitosa Parceria Entre Controle Social e Gestão
Mato Grosso
Práticas
Avaliação da Qualidade e Satisfação do Usuário do SUS com os Hospitais Conveniados
Mato Grosso
Práticas
Análise Institucional dos Conselhos de Saúde de Joinville
Santa Catarina
Práticas
Organização do Modelo de Gestão Através do Planejamento Estratégico
Pernambuco
Práticas
Análise das Principais Potencialidades de Atuação do Conselho Municipal de Saúde de Goianinha/Rn em Relação ao Controle Social na Gestão da Política de Saúde Local
Piauí
Práticas
A Integração do Conselho Municipal de Saúde nas Ações da Secretaria Municipal de Saúde do Município de Jaboatão dos Guararapes
Pernambuco
Práticas
Informatização da Assistência Farmacêutica e Implantação do Sistema Hórus
Pernambuco
Práticas
Condições do Financiamento em Saúde nos Municípios de Pernambuco ?
Pernambuco