Olá,

Visitante

Relato de Experiência com Implantação da Politica de Humanização na Reafirmação da Dignidade dos Usuários de Drogas na Prática Capsiana no Município de Ponta Grossa – Pr

Elaborou-se um plano de ação anual do CAPS ad com execução de um cronograma de sugestões de atividades extramuros, com datas pré-fixadas que vai de fevereiro a novembro de 2016, sendo que, se estabeleceu a exploração de espaços públicos e privados dentro da cidade de Ponta Grossa e cidades vizinhas, o cronograma prevê a visitação nos parques municipais, passeios turísticos (Parque Estadual de Vila Velha, Parque histórico de Carambeí, parques aquáticos, cachoeiras, cinemas, entre outros). O deslocamento é realizado com os ônibus de linha municipal e intermunicipal, onde cada participante arca com as suas próprias despesas, incluindo a alimentação. O grupo apresenta-se de forma heterogênea. Ressalta-se que os principais protagonistas da atividade são os frequentadores do CAPS ad e seus familiares, com grupo de quinze ou vinte pessoas, acompanhados por uma equipe média de cinco terapeutas e guia ou funcionário do local visitado.

O presente relato visa demonstrar a experiência exitosa das práticas de vivências sociais baseadas na participação dos usuários de drogas nos diversos contextos sociais do seu território, baseado nas práticas da politica de humanização, reafirmando a sua própria dignidade na sociedade da qual está sendo reinserido.

Têm-se como objetivos e perspectivas futuras, a mudança de hábito, a reinserção do usuário de droga no território do qual faz parte, fortalecendo assim o empoderamento de seus direitos civis, o respeito à sua dignidade humana, o fortalecimento dos laços familiares, incentivo a busca por estratégias de organização e planejamento financeiro, bem como possibilitar experiências sociais das quais não costumam exercitar e reduzir danos à saúde, produzindo e transformando os valores culturais e sociais desses sujeitos. Dessa forma, o serviço do CAPS ad apresenta um elenco de alternativas, focadas na cidadania de cada participante deste projeto, conforme os seus recursos pessoais, familiares e comunitários.A partir do exposto, analisa-se a garantia dos direitos humanos e cidadania visando o equilíbrio da interação dos diversos atores: usuários, familiares, comunidade e Estado mediado pelo serviço de saúde CAPS AD do município de Ponta Grossa – Paraná.

Principal

Michelle da Silva Claudino

michelle_cto@hhotmail.com

A prática foi aplicada em

Ponta Grossa

Paraná

Sul

Instituição

Av. Visc. de Taunay, 950 – Centro

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Michelle da Silva Claudino

Conta vinculada

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos