Olá,

Visitante

Regulação Humanizada da Assistência À Saude da Gestante do Município de Girau do Ponciano-Al

O período de realização do projeto compreende ao período da gestação (nove meses), com atendimento das demandas oriundas das consultas de pré-natal, consubstanciado na normatização do Ministério da Saúde, seguindo os mesmos critérios para todo o período gestacional, enquanto houver a necessidade de diminuir a distancia, e o tempo.O projeto propõe o atendimento prioritário, evitando deslocamento da gestante, fila ou concorrência com a população em geral, sem prejuízo dos demais grupos prioritários e para tanto, elegeu algumas ações, quais sejam:

Considerando a caracterização do município, com uma população aproximada de 40.100 habitantes, sendo a população feminina em 2012, 19.070 (50,37% em 2012IBGE/2010), superior a população masculina 18.788 (49,63%). Considerando ainda, a proporção de mulheres, e a proporção de gestantes atendidas em consulta de pré-natal (Atenção Básica), em 2014 no primeiro trimestre (277), em 2015 não foi diferente, demanda o atendimento mínimo pela Regulação de aproximadamente 120 gestantes por mês, de exames laboratoriais, ultrassonografias obstétricas e outras demandas de urgência que surgem com as intercorrências: diabetes, pré-eclâmpsia, e outras necessidades de atendimento de ultrassonografia com doppler e ultrassonografia morfológica, de alto custo, cujo atendimento demanda a contrapartida do município. Neste sentido, um dos fatores importante para o atendimento prioritário é que a central de regulação ainda é centralizada na secretaria de saúde, e 70% da população reside em zona rural, dificultando o acesso chegando a percorrer uma distancia de até 60km, porquanto, os atores envolvidos, são: gestantes, a central de regulação do município de Saúde de Girau do Ponciano (AL), bem como, as equipes de saúde representada pela diretora da Unidade de Saúde, por conseguinte, os agentes de saúde.

O maior aprendizado é que podemos sim melhorar a vida das pessoas, sem necessariamente depender de recursos financeiros

Principal

Marineide Basto Araujo

maribastos.adv@gmail.com

A prática foi aplicada em

Girau do Ponciano

Alagoas

Nordeste

Instituição

Rua José Alexandre, 155

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Marineide Basto Araujo

Conta vinculada

04 nov 2022

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Programas de provimento médico federais: estratégias de monitoramento e avaliação municipais
Rio de Janeiro
Práticas
Acessibilidade no SUS: Implantação de um laboratório da Língua Brasileira de Sinais em unidades de Estratégia da Família em São Pedro da Aldeia
Rio de Janeiro
Práticas
Imuniza Glória: Trabalhando em rede fortalecendo e rescrevendo um novo capítulo na história da imunização do município de Nossa Senhora da Glória- SE
Sergipe
Práticas
Estratégias para melhoria da cobertura vacinal de Itabaianinha com parcerias intersetoriais – SE
Sergipe
Práticas
Conjunto de estratégias para aumento de coberturas vacinais num município do nordeste brasileiro: Cidade Mãe de Sergipe
Sergipe
Práticas
Arte como instrumento de cuidado na Atenção Primária à Saúde
Bahia
Práticas
O Agente Comunitário de Saúde e a integralidade do cuidado no controle das Arboviroses.
Rio de Janeiro
Práticas
O Nasf de Armação dos Búzios como uma fênix em tempos sombrios: novas tecnologias a serviço do cuidado
Rio de Janeiro
Práticas
ATHIS Casa Saudável
Rio Grande do Sul
Práticas
Campanha Permanente de Castração de Cães e Gatos: Combate Estratégico às Zoonoses Centrado nos Princípios do SUS e no Conceito Território em Saúde, em Gurupi – To
Tocantins