Olá,

Visitante

Projeto Sons no SUS

Reconhecendo a música como uma das artes mais democráticas, sobretudo no que diz respeito ao seu acesso e avaliando a capacidade de interferência direta no estado de humor, percebemos que através do ritmo ou a letra de uma canção é possível irmos a outro lugar sem sequer mexer um músculo. É esta possibilidade oferecida pela música de sair, mesmo que simbolicamente, do lugar em que nos encontramos ou conseguir experimentar o mesmo lugar de outro modo, que nos leva a acreditar na potência do Projeto Sons no SUS, desenvolvido no município de Aracaju. A entrada da música nos ambientes da saúde intervém não só no estado dos pacientes e familiares, mas também junto aos trabalhadores, o que reverbera diretamente no processo de trabalho da instituição. Este processo tem sido beneficiado na medida em que o projeto Sons no SUS vem ganhando espaço, reconhecimento e sendo devidamente significado junto aos trabalhadores. Concluímos que, onde tenham usuários e trabalhadores fazendo o SUS acontecer somos desafiados a humanizar os encontros, melhorar o ambiente e produzir saúde. O Sons no SUS é mais uma estratégia que vem sendo utilizada onde a inventividade, a técnica e comprometimento tem sido a mola propulsora para o projeto e o alcance dos objetivos esperados.Objetivos: – Utilizar a música como interventora artística para a humanização através da qualificação da ambiência dos serviços do SUS Aracaju. – Inovar na oferta de cuidado/promoção à saúde para usuários e trabalhadores

Produzir saúde é o grande objetivo do SUS e nos últimos anos observamos que a necessidade de inovar a partir de uma visão ampliada de mundo tem sido cada vez mais presente para lograr êxito nessa missão. Os ambientes de saúde estão no imaginário da população como um lugar desagradável e facilmente conseguimos explicações para esta crença. Com exceção dos profissionais que ali trabalham, quando temos que ir a um Hospital, Unidade de Pronto Atendimento ou Unidade de Saúde da Família é porque demandamos de cuidado e buscamos nos serviços de saúde o alívio para dores ou sofrimentos. Que estrategia pode ser utilizada como mais uma aliada para a humanização desses ambientes e que tenha a plasticidade para caber em cada um deles alcançando de maneira lúdica e inovadora usuários e trabalhadores do Sistema Único de Saúde.

O Projeto Sons no SUS exige um investimento inicial para a compra de instrumentos e a viabilidade legal para contratação de músicos. Independente de contexto loco-regional, o Projeto Sons no SUS pode ser desenvolvido em qualquer município e a ferramenta da promoção à saúde a partir da linguagem musical pode ser aplicada e adaptada a outras políticas públicas como Assistência Social e Educação, por exemplo. Vale ressaltar que os músicos precisam de uma referencia técnica que consiga aliar conhecimentos artísticos musicais com os da saúde coletiva e que os princípios e diretrizes da PNH são os principais norteadores de todo o projeto.

Principal

Murilo de Brito Andrade

A prática foi aplicada em

RJ

Rio de Janeiro

Sudeste

Instituição

Aracaju

Uma organização do tipo

Outra

Foi cadastrada por

Murilo de Brito Andrade

Conta vinculada

ideiasus@gmail.com

A prática foi cadastrada em

04 dez 2015

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
PROJETO PRIMEIROS SOCORROS E PREVENÇÃO DE ACIDENTES NAS ESCOLAS – LEI LUCAS
Rio de Janeiro
Práticas
Consciência Vacinal: fortalecendo as estratégias e combatendo a desinformação para o cumprimento do calendário de vacinação de crianças no município de São Francisco-PB.
Paraíba
Práticas
Dengue: uma abordagem além do combate ao vetor nos centros de educação infantil
Rio de Janeiro
Práticas
Imunização na Zona Rural, em áreas de difícil acesso: Projeto Vacina Volante
Maranhão
Práticas
A importância da equipe multidisciplinar no tratamento e no cotidiano dos pacientes com Fibromialgia de Itatiaia-RJ
Rio de Janeiro
Práticas
Projeto “Saúde Aqui: Relato de Experiência”
Tocantins
Práticas
Projeto Viva Mais, Práticas de Exercícios Físicos e Orientações Nutricionais com Princípios Funcionais, para A Melhoria de Qualidade de Vida no Município de Ourém-Pa
Pará
Práticas
Combatente municipal – escola e comunidade livres do Aedes Aegypti
Amazonas