Olá,

Visitante

Projeto Move SUS, redução do sedentarismo em idosos: uma experiência na Estratégia Saúde da Família em Timon (MA)

Há um aumento do sedentarismo mundial, sendo este o quarto maior fator de risco de mortalidade global. Um terço da população mundial adulta é fisicamente inativa, o que mata cerca de cinco milhões de pessoas por ano. Juntamente com o sobrepeso e a obesidade, constituem fatores de risco mais associados à doença cardiovascular e outras doenças crônicas, o que corresponde a 58% dos gastos e 15% das internações do sistema público. Por isso, a importância de intervenções para diminuir o sedentarismo e promover saúde com alternativas de baixo impacto financeiro. (BRASIL, 2009). Visando o sedentarismo e o envelhecimento populacional torna-se imprescindível elaborar estratégias de promoção à saúde e prevenção da inatividade física. Assim, o presente estudo traçou um plano de intervenção para viabilizar o acesso da população idosa à prática da atividade física regular na população adscrita da ESF 22, Timon-MA no período de janeiro a dezembro de 2018.

• GERAL: o reduzir o sedentarismo em idosos na área adscrita. • ESPECÍFICOS: o Realizar atividades sobre a importância do exercício físico à saúde na população idosa o Orientar a prática correta dos exercícios físicos direcionados à população idosa o plano foi realizado em Timon/Ma, na ESF 22, no período de janeiro a dezembro de 2018. A intervenção abrangeu os pacientes idosos da referida área, que não realizam atividade física ou que realizam abaixo do considerado ideal (150 minutos/semana). Realizaram-se atividades em parceria com NASF e CRAS. Assim, objetivou-se informar, educar e sensibilizar os idosos para a importância da atividade física regular. Organizou-se periodicamente um espaço para que o grupo realizasse alongamento inicial com os educadores físicos na UBS. Posteriormente, o grupo fazia caminhada durante 60 minutos. Este projeto seguiu os princípios éticos estabelecidos na Resolução nº. 466 de 12 de dezembro de 2012.

Com o projeto alcançou-se uma maior adesão dos idosos da área adscrita à prática de atividade física continuada, principalmente nos grupos coordenados em conjunto ao CRAS, bem como um maior controle das comorbidades adjacentes apresentadas por este grupo.A implantação do projeto promoveu a sensibilização da população idosa para a prática regular de exercícios físicos, visto o aumento da adesão deles nas atividades realizadas, além de outros indivíduos em diversas faixas etárias, inclusive grávidas. A realização de atividades sobre alimentação saudável e sedentarismo em parceria multidisciplinar favoreceu a orientação correta dos exercícios físicos que podem ser realizados pelos idosos em seu cotidiano diário, como ginástica e alongamentos.

Principal

Adriana Silva Trinidad

trinidad.dri@gmail.com

Coautores

Anny Karole Martins De Moraes, Erica Coelho De Sá Rufino, Kéllyda Lima Monteiro Gedeon

A prática foi aplicada em

Timon

Maranhão

Nordeste

Instituição

Rua Jamil De Miranda Gedeon, N° 78, Bairro Parque Piauí, Timon/Ma

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Marcio de Sousa Sá

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

29 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Título: Autismo – uma causa municipal.
Paraíba
Práticas
TEA/TDAH: inclusão sem discriminação
Paraíba
Práticas
Visita de luto – uma atitude humanizada
Rio de Janeiro
Práticas
Vacinação Sem Barreiras: um Grande Desafio
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Vacinação: Estratégias para o Aumento da Cobertura Vacinal no Município de Barrolândia – TO
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Plano de Recuperação do Faturamento Ses/Df
Distrito Federal
Práticas
Sala de Situação Ses-Df
Distrito Federal
Práticas
Rede Inovases
Distrito Federal
Práticas
Diagnóstico de Atendimento da População Hipertensa/Diabética da Equipe 474/06
Distrito Federal