Olá,

Visitante

Projeto Cuidar de Quem Cuida

o Projeto “Cuidar de quem cuida” desenvolve ações de atividades físicas e apoio multidisciplinar para o trabalhador da saúde do município de Abaetetuba, por meio dos instrumentos de saúde como Academia de Saúde e Academias ao Ar livre, além de instrumentos da parceria público-privada, como piscinas de hidroginástica. Desta forma, busca atuar na promoção da saúde e prevenção de doenças crônicas não transmissíveis, como hipertensão arterial, diabetes mellitus, obesidade e tabagismo, além de conscientizar através da educação em saúde, diminuir o absenteísmo e melhorar a produtividade desses trabalhadores em suas unidades de saúde. o projeto teve início em Novembro de 2018 e busca realizar um estudo do perfil epidemiológico e executar Projeto Terapêutico Singular dos participantes,com apoio matricial dos profissionais do NASF, assim garantindo a diminuição de riscos de evolução de possíveis enfermidades.

Promover melhor qualidade de vida aos trabalhadores de saúde do município de Abaetetuba através da oferta de atividade física, fortalecimento do processo de educação em saúde e promoção em saúde. o Projeto foi apresentado aos coordenadores de Unidades de Saúde do município eposterior cadastramento dos participantes. Consequentemente, foram iniciados os acompanhamentos e orientações nos instrumentos de saúde do município e demais parcerias através de 02 (dois) profissionais Educadores físicos. Desta forma, as atividades foram desenvolvidas em4 grupos específicos para satisfazer as diferentes necessidades dos trabalhadores. em especial, os que já apresentavam doenças crônicas não transmissíveis, como, Diabetes e Hipertensão Arterial, e de pessoas em estado de sobrepeso e obesidade, além dos considerados eutróficos e sem patologias associadas. E a equipe multidisciplinar do NASF realiza o apoio matricial desses participantes.

No início do Projeto se inscreveram 115 profissionais, 12 do sexo masculino e 103 do sexo femininoonde, 19 com IMC normal, 62 com IMC sobrepeso e 34 com IMC obesidade.E mais, 32 profissionais informaram ser Hipertensos 20 informaram ser Diabéticos 34 informaram ser Hipertensos e Diabéticos 19 informaram outras patologias associadas como artrose, artrite e reumatismo e 10 não informaram patologia associada. Desse total, 08 profissionais informaram ser tabagistas. Após 5 meses, 18 profissionais se desligaram por algum motivo. Assim, 97 profissionais continuam participando, onde 49 informam se sentir mais dispostos, 23 informam melhora na produtividade do trabalho e 25 não sentiram mudanças. E desses, 44 perderam mais de 5 kg de peso.A oferta da atividade física como forma de melhorar a qualidade de vida do trabalhador do SUS municipal trás a reflexão sobre a importância de investimentos em equipamentos de baixa tecnologia para fortalecer a promoção em saúde através do processo de educação em saúde, como forma de redução do risco de morte prematura por doenças crônicas não transmissíveis, controle do peso corporal, diminuição do absenteísmo e melhora da produtividade do trabalhador no desenvolvimento de suas atribuições.

Principal

Alan Machado De Almeida

alanalmeida.enf@gmail.com

Coautores

Alex Machado De Almeida, Laurindo Campos De Lima, Luis Sebastião Baia Pereira, Kellen Da Costa Barbosa,

A prática foi aplicada em

Abaetetuba

Pará

Norte

Instituição

Rua José Latino L. Da Silva, Nº 976, Santa Rosa, Abaetetuba/Pa Cep: 68.440.000

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Maria Lucilene Ribeiro Das Chagas

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

26 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
A educação permanente dos profissionais de enfermagem como estratégia no enfrentamento à dengue
Paraíba
Práticas
Oficina de atualizacao dos cadastros para melhoria da cobertura vacinal em Junco do Serido-PB
Paraíba
Práticas
Educação em gênero no SUS e a proteção integral à mulher em situação de violência na atenção primária
Paraíba
Práticas
Era uma vez, apresentando uma história de cuidado e amor – a importância da educação vacinal desde o berço
Paraíba
Práticas
Estratégia de comunicação pública voltada à saúde no ambiente digital em Campina Grande
Paraíba
Práticas
Atuação do programa saúde na escola (PSE) no enfrentamento da dengue e outras arboviroses
Paraíba