Olá,

Visitante

Projeto Bem Viver: uma Experiência Exitosa em Saúde Mental na Atensão Básica do Município de Carnaúba dos Dantas – Rn

Finalidade da experiência

O presente trabalho tem como objetivo relatar uma experiência exitosa através de um projeto de intervenção desenvolvido na Atenção Básica, no município de Carnaúba dos Dantas-RN. O referido município está localizado na microrregião homogênea Seridó Ocidental, no Estado do Rio Grande do Norte, distante cerca de duzentos e vinte e oito quilômetros da Capital do Estado. Com uma população de sete mil oitocentos e cinquenta e seis habitantes, não apresenta perfil populacional para implantação de serviços substitutivos especializados em saúde mental, no entanto apresenta um perfil epidemiológico acima da média estabelecida pela Organização Mundial de Saúde, em relação aos Transtornos Mentais. Existe também outra preocupação que inquieta os profissionais de saúde, que é o uso indevido e indiscriminado de psicotrópicos. O PROJETO BEM VIVER foi pensado e implantado a partir das angústias e inquietações dos profissionais em Saúde com as questões acima descritas. Tem como objetivos principais melhorar a qualidade de vida das pessoas que apresentam sofrimento psíquico, bem como reduzir o uso de medicação procurando criar lugares de escuta e orientação à comunidade no sentido de minimizar o sofrimento e trabalhar a capacidade do indivíduo em lidar com suas dores e conflitos sem tentar apagá-los com o uso de medicação. Além de utilizarmos na efetivação do projeto, os equipamentos já existentes na rede como CRAS, NASF e ESF, foram implantados um ambulatório de saúde mental na Atenção Básica, além de grupos de escuta e terapia comunitária. É um projeto ainda está em fase de construção e implantação, mas que já apresenta impactos importantes no contexto da saúde local.

A partir dos resultados alcançados até o momento, pode-se afirmar que é possível fazer um acompanhamento de qualidade no âmbito da saúde mental na Atenção Básica. É possível realizar um trabalho eficaz e de qualidade junto à população em sofrimento psíquico, mesmo em municípios de pequeno porte, onde não existe população indicada para implantação de serviços especializados. Como já foi colocado anteriormente, trata-se de um projeto de intervenção, que pode ser visto como um processo ainda em fase inicial. No entanto já podemos observar a mudança na qualidade de vida das pessoas acompanhadas pelo projeto. É possível, mesmo na ausência de serviços especializados, como o CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), realizar um trabalho de qualidade em saúde mental.

Principal

Maria Lucineide Dantas de Carvalho

A prática foi aplicada em

Carnaúba dos Dantas

Rio Grande do Norte

Nordeste

Instituição

Rua Paulo de Honório, nº 1- Centro.

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Maria Lucineide Dantas de Carvalho

Conta vinculada

saudecarnauba@gmail.com

11 set 2016

e atualizada em

12 dez 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Oficina de jogos e desenho
Rio de Janeiro
Práticas
Oficina de Economia Solidária
Rio de Janeiro
Práticas
Terapia Comunitária Integrativa: um relato de experiência no município de Resende (RJ)
Rio de Janeiro
Práticas
Grupo terapêutico: um espaço de acolhimento e de suporte para o final de semana, através da musica, violão e técnica da auriculoterapia
Rio de Janeiro
Práticas
Equipe multidisciplinar – um olhar psicossocial na atenção à infância e adolescência
Rio de Janeiro
Práticas
Projeto Adoles-SER- a clínica em movimento. Cuidado e promoção de saúde mental de adolescentes
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Avaliação diagnóstica do TEA no SUS e capacitação dos pais como forma primordial de intervenção
Rio de Janeiro
Práticas
Oficina de Estimulação Cognitiva como estratégia de cuidado ampliado para indivíduos com dependência de álcool
Rio de Janeiro
Práticas
Os dados do CAPS1 Minha Vida como indicador avaliativo do serviço na supervisão clínico-institucional
Rio de Janeiro
Práticas
Grupo de familias em um CAPS infanto-juvenil
Rio de Janeiro