Olá,

Visitante

Processo Compartilhado na Construção do Coapes em Araçatuba/Sp

Com a chegada do curso de Medicina pelo Programa Mais Médicos trazendo grande investimento financeiro para a Saúde Pública, a Secretaria Municipal de Saúde vislumbrou trabalhar a construção conjunta das relações entre a Gestão e as instituições de ensino superior do município. o desafio era transformar o campo de estágio em uma relação de compromisso com a formação dos alunos, melhorando os serviços e aprimorando os profissionais de saúde, onde todos os sujeitos poderiam contribuir, inclusive a comunidade, com a proposta de diminuir as distâncias entre o que se ensina na academia e o que se vivencia na prática do trabalho. A Gestão se surpreendeu positivamente quando as relações se estreitaram e se corresponsabilizaram para o desenvolvimento da qualidade prestada ao usuário, especialmente pela participação de outros cursos da área da saúde de maneira mais expressiva do que propriamente a Medicina. Brotava, neste momento, a primeira semente do Comitê Gestor do COAPES de Araçatuba.

Construir relações de diálogo entre as gestões Estadual, Municipal e as Instituições de Ensino Superior. A Gestão iniciou as articulações compondo o Comitê Gestor Local do COAPES com representantes das entidades envolvidas, incluindo Conselho Municipal de Saúde, trabalhadores da saúde e sociedade civil consolidando-se a partir da primeira reunião ordinária. Dialogou com as universidades realizando reuniões paralelas com os coordenadores dos cursos da saúde para melhor distribuição dos campos de estágios disponíveis. o Comitê seguiu com reuniões mensais, cada mês em uma Instituição de Ensino diferente, discutindo o contrato, os planos de atividades e contrapartidas. Outros coordenadores e docentes somaram forças ao Comite para melhorar a assistência ao usuário e a formação do aluno tanto em sala de aula quanto nos campos de estágios.

Aproximação da academia ao serviço estreitamento das relações entre as Instituições de Ensino Assídua participação dos cursos de Enfermagem, Fisioterapia e Psicologia Introdução da participação social como parceira no levantamento de soluções de situações-problema construção de instrumentos gerenciais elaboração do termo do COAPES com o apoio jurídico das instituições e da Gestão criação de contrapartidas em serviços: bolsas de estudos, cessão de espaço físico, colaboração técnica nos processos de capacitações (EP) aumento das atividades de Educação Permanente na rede de saúde municipal e aporte financeiro do curso de medicina para investimento na rede de atenção à saúde local.o Comitê Gestor do COAPES de Araçatuba está em sua 17ª reunião. Entre os desafios futuros estão a contratualização do COAPES no modelo “guarda-chuva” com planos de contrapartidas e de atividades incluídos a este como termos aditivos a implantação do Programa de Residência Multiprofissional e a elaboração de instrumentos e métodos de avaliação e monitoramento dos objetivos e resultados, analisando a qualificação dos profissionais da saúde, a resolubilidade do serviço e a satisfação do usuário.

Principal

Paulo Ernesto Geraldo

bah-irikauva@hotmail.com

Coautores

Bárbara Angela Honorio, Sandra Margareth Exaltação, Rosimeire Carvalho Possani Morales, Carmem Silvia Guariente,

A prática foi aplicada em

Araçatuba

São Paulo

Sudeste

Instituição

Rua 23 De Março, 579. Bairro Santana. Cep: 16.050-510

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Carmem Silvia Guariente

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Primeira Mostra de Experiência da Linha de Cuidado Sobrepeso e Obesidade, Os Resultados Alcançados Pelo Município de Parapuã Sp
São Paulo
Práticas
Compulsão Decisória na Judicialização da Saúde, des estruturando e des afiando o Financiamento Finito do Sistema Único de Saúde
São Paulo
Práticas
Regulação do Acesso À Atenção Especializada: des coberta de um Iceberg e des afios A Serem Superados
São Paulo
Práticas
Fórum Permanente de Embu Guacu: uma Possibilidade de Organização do Cuidado Intersetorial
São Paulo
Práticas
Profilaxia Pré-Exposição ao Hiv (Prep) como Nova Estratégia para A Prevenção do Hiv – uma Experiência Multiprofissional
São Paulo
Práticas
Consultório na Rua: uma Ampliação da Abordagem das Pessoas Vivendo com Hiv/Aids Focando A Adesão
São Paulo
Práticas
Processo Formativo de Apoio em Saúde Mental no Município de Franco da Rocha – Sp
São Paulo
Práticas
Estruturação da Rede de Saúde de Franco da Rocha: Análise do Financiamento das Ações, Por Meio da Transferência de Recursos Obrigatórios e Voluntários ao Município
São Paulo
Práticas
Participação Social na Construção do Planejamento Estratégico em Saúde e do Plano de Educação Permanente no Território de Ermelino Matarazzo/Sp
São Paulo
Práticas
Impactos da Formação de Trabalhadores Sobre Práticas Relativas ao Uso Racional de Medicamentos: Experiência no Contexto do Plano Regional de Educação Permanente em Saúde (Pareps)
São Paulo