Olá,

Visitante

Pré Conferências Locais de Saúde: “Um Exemplo de Democracia na Saúde de Porto Velho, Rondônia.#

Com o objetivo de aproximar a sociedade dos temas e dos debates e obter uma visão mais crítica e garantir a participação popular no Sistema Único de Saúde de forma efetiva, pela primeira vez na história das Conferências de Saúde em Porto Velho, foram realizadas as Pré Conferências de Saúde, que consistiram em encontros com a comunidade usuária do SUS municipal, de todas as áreas da cidade, com foco nas localidades dos distritos rurais ribeirinhos e terrestres, bem como na área urbana da cidade. As pré conferências antecederam a 8ª Conferência que se deu de 07 a10/07/2015 e objetivou garantir a participação de representações de todos os distritos do município, de forma democrática, que aliados aos delegados da área urbana, se uniram em prol de uma discussão coordenada onde as principais propostas atenderam as demandas locais contemplando as necessidades de saúde da forma mais real possível. A logística contou com o apoio da Secretaria de Saúde de Porto Velho (SEMUSA), por meio de carro oficial, voadeiras e diárias para o apoio da equipe de trabalho, que contou com Enfermeiro, Psicólogo, Conselheiros Municipais de Saúde e representantes de segmentos da comunidade.A organização de espaços para a realização dos encontros se deu em parceria com as Unidades de Saúde da Família, que agendavam previamente, sejam nos distritos ou na área urbana, os locais para os encontros, bem como a divulgação da agenda e convite à comunidade.Com base nas Metodologias Ativas, as reuniões eram pautadas na Rodas de Conversa, oportunizando a participação de representantes de diversos setores da sociedade civil, da comunidade e de setores ligados a saúde. O uso desta metodologia propiciou um diálogo amplo entre a equipe de coordenadores da pré conferências e os participantes. A partir das discussões, ao final de cada reunião, eram eleitos os delegados que participaria da 8ª Conferência Municipal de Saúde em Porto Velho, o que caracterizou pela primeira vez, a participação de representantes dos mais diversos segmentos e de todas as localidades rurais da cidade de Porto Velho no evento.

A 8ª Conferência Municipal de Saúde de Porto Velho, realizada em Novembro de 2015, se caracterizou em um dos mais efetivos eventos democráticos de controle social dos últimos tempos. Nesta edição, o evento realizado com a parceria entre a Secretaria de Saúde de Porto Velho e o Conselho Municipal de Saúde de Porto Velho teve como tema central: “Saúde Pública de Qualidade para Cuidar Bem das Pessoas: Direito do Povo Brasileiro”. Sendo a conferência um momento de fortalecimento da participação e do controle social no SUS, em 2015, excepcionalmente, a conferência municipal de saúde teve uma inovação em sua estruturação.

Mesmo ciente de que a referida experiência não é inovadora, se levarmos em comparação a diversos municípios deste país, que possuem uma enorme experiência em controle social, de certo foi um marco para o município de Porto Velho, pois esta experiência primou pelo controle social antes nunca acontecido nesta cidade. Tendo como foco a mobilização popular dos distritos rurais da cidade para o a compreensão da importância do controle social, estimulando assim a criação de conselhos locais de saúde, esta experiência, em meio a um ano de crises econômicas e de movimentações políticas em prol de manutenção de poderes e que precedem um ano eleitoral, culminou com uma participação efetiva de delegados na 8º Conferência Nacional de Saúde realizada em Brasília.Assim, percorrer quilômetros por terra e rio, dentro de um município com a extensão territorial como a de Porto Velho, além de não ter sido uma tarefa fácil, triplicou o desafio diante de uma temática que pouco atrai a população como é a de controle social, mas que demonstrou que a aproximação do setor saúde das comunidades, consiste em um dos mais efetivos mecanismos de transformação política e social.

Principal

José Carlos Coutinho de Oliveira

jccoli@hotmail.com

A prática foi aplicada em

Porto Velho

Rondônia

Norte

Instituição

Av. Gov. Jorge Teixeira, 1146

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

José Carlos Coutinho de Oliveira

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Conselho itinerante:fortalecendo o controle social em Junco do Serido-PB
Paraíba
Práticas
Oficina de Culinária Afeto e Sabor
Paraíba
Práticas
Aproximando a Comunidade com a Gestão da Atenção Primária em Saúde
Rio de Janeiro
Práticas
Gestão Estratégica e Participativa no SUS: Implantando Novas Instâncias Deliberativas no Município Paulo Jacinto – Al
Alagoas
Práticas
Importância da Conferência Municipal de Saúde para o Fortalecimento da Participação da Comunidade na Defesa do SUS.
Paraíba
Práticas
Participação Popular na Estratégia Saúde da Família em Petrópolis-Rj
Rio de Janeiro
Práticas
Roda de Conversa com As Famílias: Cuidando de Quem Cuida
Rio de Janeiro
Práticas
Implantação de Colegiado Gestor nas Unidades de Saude da Família de Japeri-Rj
Rio de Janeiro
Práticas
Controle Social e Saúde do Trabalhador: a Experiência Regional do Conselho Gestor do Cerest- Pólo Duque de Caxias – Rj
Rio de Janeiro
Práticas
A Experiência do 1º Curso de Capacitação para Conselheiros de Saúde e Membros das Comissões Intersetoriais de Saúde do Trabalhador (Cists) Sobre a Temática da Saúde do Trabalhador do Cerest- Pólo Duqu
Rio de Janeiro