Olá,

Visitante

Oficina de Planejamento Municipal em Saúde: Estratégia de Gestão Participativa na Construção da Programação Anual da Saúde de Crateús

A partir do consenso em torno da importância do planejamento para a gestão da saúde, definimos realizar a Oficina de Planejamento Municipal em Saúde, adotando uma metodologia de participação qualitativo-indutiva, na qual os participantes (corpo técnico da Secretaria da Saúde) foram estimulados a fazer, no aspecto qualitativo, uma análise conjuntural da situação da Saúde, em face das obrigações legais-sociais do SUS municipal, assentadas nas deliberações da última Conferência Municipal da Saúde, nas diretrizes/estratégias/metas do Plano Municipal de Saúde, bem como nos demais instrumentos de pactuação nele contemplados. Nessa etapa, as áreas/departamentos técnicos da Saúde foram organizados por blocos temáticos, da seguinte forma:•

É possível observar, no campo da gestão estratégica das organizações, que, geralmente, os sistemas de gestão – públicos ou privados – que já lograram êxito são unidos por um ponto em comum: suas bases emergiram de um processo de planejamento eficaz. Toda e qualquer gestão eficaz sempre é precedida de uma etapa de planejamento criterioso. Essa é também umas das variáveis na definição do profissionalismo de qualquer gestão, pois uma gestão tende a ser tanto mais profissional quanto melhor for seu sistema de planejamento. Logo, planejar bem é o primeiro passo para se executar bem, pressuposto também válido para a gestão da Saúde Pública.

O instrumento de planejamento está, então, posto. Goza de legitimidade perante o corpo técnico da Saúde e tem, sobre si, a pressuposição de ser acertado, uma vez que foi produzido de forma técnica e plural. Essa aceitabilidade e senso de pertinência são importantes no sentido de impulsionar o alcance das ações pactuadas, esse que é, sempre, o maior desafio de todo processo sustentável de planejamento: a sua materialização no cotidiano. É o que buscamos.

Principal

Elisfabio Brito Duarte

elisfabioduarte@gmail.com

A prática foi aplicada em

Crateús

Ceará

Nordeste

Instituição

Rua Dr. Gomes Coutinho, 630 São Vicente

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Elisfabio Brito Duarte

Conta vinculada

elisfabioduarte@gmail.com

03 dez 2018

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
A Educação Permanente dos Gestores Municipais de Saúde e o Novo Modelo de Financiamento do SUS: a Estratégia do Apoio Institucional do Cosems/Ba
Bahia
Práticas
A Judicialização das Políticas de Saúde na Bahia: Experiência da Região Centro-Leste do Estado
Bahia
Práticas
O Desafio de (Re) Pactuar: a Atuação do Apoio na Programação Pactuada e Integrada
Bahia
Práticas
A Importância do Planejamento e Programação Físico Financeiro da Secretaria de Saúde de Santo Estevão Bahia – Instrumentos
Bahia
Práticas
O Processo de Construção do Plano Municipal de Saúde 2018 – 2021 do Município de Camamu/Ba: para Além dos Requisitos Formais de Gestão do SUS
Bahia
Práticas
Construção e Aplicação do Plano operativo na Assistência Farmacêutica no Município de Cedro (Ce)
Ceará
Práticas
Gissa – Governança Inteligente em Sistemas de Saúde.
Ceará
Práticas
Saúde em Movimento: Ampliando o Acesso À Saúde.
Paraíba
Práticas
“Diagnóstico Situacional: uma Ferramenta Que Potencializa o Planejamento e Execução das Ações e Cuidado nas Equipes de Estratégia de Saúde da Família.”
Bahia
Práticas
Fortalecimento do Processo de Planejamento em Saúde com a Implantação da Agenda Compartilhada no Município de Autazes/Am.
Amazonas