Olá,

Visitante

Núcleo de Valorização À Vida

A politica de valorização a vida no Brasil ainda vem dando passos curtos, em detrimento da falta de informação sobre aspectos emocionais que podem evoluir para um transtorno ansioso ou depressivo, além da falta de investimentos de profissionais especializados em espaços educativos (escolas), para promoção de saúde em seus aspectos biopsicossociais. A soma de fatores educacionais, econômicos, sociais e governamentais resulta na falta de perspectiva de crescimento profissional, e melhoria da qualidade de vida, o que trás como consequência um desgaste do sujeito e a busca incansável por respostas sobre o futuro, levando jovens e adultos a estado de humor deprimido, comportamentos auto lesivos, e suicídio. No município de Santa Bárbara, o número de casos entre o ano de 2016 a 2018 tem sido alarmante. Na perspectiva de oferecer uma intervenção de qualidade surge o projeto de Núcleo de Valorização a Vida.

Oferecer uma intervenção de qualidade, através de uma equipe intersetorial, capaz de realizar, tecnicamente, uma investigação aprofundada sobre o fenômeno, denominado, pratica do suicídio e as consequências para o sujeito, família e sociedade. o processo é iniciado quando os profissionais vão de sala em sala escolhendo um líder de turma, esse líder passa por um processo de instrução e preparação, para identificar ou ser locutor dos seus colegas de turma, caso haja algum jovem com comprometimento emocional, e que esteja precisando de intervenção psicoterapêutica. Após a escolha dos lideres, a coordenadora dos mesmos é responsável pela marcação de grupos terapêuticos dentro da biblioteca da escola. Esses grupos são feitos de 15 em 15 dias, com o acompanhamento de duas psicólogas do núcleo, e no máximo de 15 jovens por grupo. A proposta dos temas abordados são elencados de acordo aos aspectos investigados anteriormente com a direção da escola. Além de proporcionar uma escuta terapêu

Após a implantação do núcleo em 2018, e mesmo com pouco tempo de fundação, os resultados são satisfatórios e muito otimistas. o número de comportamento auto lesivo entre jovens vem diminuindo gradativamente, e a nova politica de atendimento em rede com baixo custo para o setor público, tem gerado alternativas sociais para o combate direto aos agravos emocionais. Além de informatização especializada para jovens de baixa renda, e com dificuldade de acesso a profissionais como psicólogos.Diante do exposto, concluí-se que a criação do Núcleo de Valorização à Vida, vem trazendo contribuições fundamentais no debate referente ao fenômeno da prática do suicídio que tem chamado atenção dos diversos segmentos público e privado da sociedade de Santa Bárbara. A intervenção tem sido elemento considerável no impedimento a prática e no tratamento a quem já fez tentativas sendo os profissionais, psicólogos, que compõem o núcleo responsáveis por investigar todos os aspectos que levam o sujeit

Principal

Jade Isis De Souza Nunes

psijadeisis@gmail.com

Coautores

Jacklene Mirne, Thais Fernandes, Malena Souza, Dejauline De Carvalho,

A prática foi aplicada em

Santa Bárbara

Bahia

Nordeste

Instituição

Rua Manaus, S/N , Centro, Santa Bárbara-Ba

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Jacklene Mirne Gonçalves Santos

Conta vinculada

sesau@santabarbara.ba.gov.br

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos