Olá,

Visitante

Matriciamento das Ações de Saúde Mental na Atenção Básica do Município de Moju-Pa: Um Relato de Experiência.

FINALIDADE DA EXPERIÊNCIA:?

Segundo CHIAVERINI (2011) apoio matricial ou matriciamento é compreendido com “um novo modo de produzir saúde em que duas ou mais equipes, num processo de construção compartilhada, criam uma proposta de intervenção pedagógico-terapêutica”. Sendo um instrumento de organização do serviço e do cuidado fundamental para a construção de uma Rede de Atenção a Saúde (RAS), que de acordo com a Portaria GM/MS nº 4.279/2010 “Estabelece diretrizes para a organização da Rede de Atenção à Saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS)”

A nova forma de arranjo organizacional implementado no município de Moju-Pa possibilitou uma melhor gestão do trabalho através da integração das equipes do CAPS II com as equipes de Atenção Básica e equipe do NASF. Essas ações de matriciamento propiciaram uma diminuição da demanda de usuários de saúde mental ao CAPS II, pois as equipes de Atenção Básica “abraçaram” a causa. O que fomentou uma discussão ampliada, qualificada, multiprofissional e resolutiva em todos os pontos da ação terapêutica. Onde o CAPS é o dispositivo estratégico de desenvolvimento da política de saúde mental, e com apoio da atenção básica, a garantia do acesso é significativa, assim permitindo a inclusão social e a garantia dos direitos e cidadania desses usuários e suas famílias ao Sistema Único de Saúde.O processo de educação permanente trouxe sensibilidade aos profissionais de saúde e ativou a troca de conhecimentos entre as equipes de atenção básica, fortaleceu as orientações e intervenções compartilhadas ao usuário do programa de saúde mental e garantiu a expansão dos serviços do programa de saúde mental na Rede de Atenção Básica municipal.A descentralização dessas ações de saúde mental possibilitou um acesso mais digno ao usuário, além de estruturar e buscar a continua implementação da rede de atenção psicossocial no município de Moju-Pa.

Principal

Alan Machado de Almeida, Katiane Sarraf Daibes Marques

A prática foi aplicada em

Pará

Norte

Instituição

150470

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Conta vinculada

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Educação Permanente em Saúde Diária como Estratégia de Sustentação na Integração Entre Equipes Técnicas Distintas – Atenção Básica e Vigilâncias
São Paulo
Práticas
Avaliação Interdisciplinar e Diagnóstico Diferencial – Mobilização na Busca de uma Linha de Cuidado Assertiva no Cer de São Bernardo do Campo
São Paulo
Práticas
Intervenção do Farmacêutico do Nasf no Uso Irracional de Antiinflamatórios Não Esteroidais (Aines), uma Experiência da Ubs União
São Paulo
Práticas
Tecendo Redes: uma Experiência de Articulação do Trabalho em Rede Intersetorial em um Território de Saúde no Município de Assis/Sp
São Paulo
Práticas
Empoderamento Social em Defesa do SUS no Município de des calvado – Sp
São Paulo
Práticas
A Experiência de Implantação da Política de Saúde Integral para Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (Lgbt) na Região Central do Município de São Paulo
São Paulo
Práticas
des envolvimento da Gestão de Custos no SUS em São José do Rio Preto
São Paulo
Práticas
Processo de Implantação da Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil como Forma de Transformação e Reorganização do Trabalho em Ubs
São Paulo
Práticas
Primeira Mostra de Experiência da Linha de Cuidado Sobrepeso e Obesidade, Os Resultados Alcançados Pelo Município de Parapuã Sp
São Paulo
Práticas
Compulsão Decisória na Judicialização da Saúde, des estruturando e des afiando o Financiamento Finito do Sistema Único de Saúde
São Paulo