Olá,

Visitante

Matriciamento das Ações de Saúde Mental na Atenção Básica do Município de Moju-Pa: Um Relato de Experiência.

FINALIDADE DA EXPERIÊNCIA:?

Segundo CHIAVERINI (2011) apoio matricial ou matriciamento é compreendido com “um novo modo de produzir saúde em que duas ou mais equipes, num processo de construção compartilhada, criam uma proposta de intervenção pedagógico-terapêutica”. Sendo um instrumento de organização do serviço e do cuidado fundamental para a construção de uma Rede de Atenção a Saúde (RAS), que de acordo com a Portaria GM/MS nº 4.279/2010 “Estabelece diretrizes para a organização da Rede de Atenção à Saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS)”

A nova forma de arranjo organizacional implementado no município de Moju-Pa possibilitou uma melhor gestão do trabalho através da integração das equipes do CAPS II com as equipes de Atenção Básica e equipe do NASF. Essas ações de matriciamento propiciaram uma diminuição da demanda de usuários de saúde mental ao CAPS II, pois as equipes de Atenção Básica “abraçaram” a causa. O que fomentou uma discussão ampliada, qualificada, multiprofissional e resolutiva em todos os pontos da ação terapêutica. Onde o CAPS é o dispositivo estratégico de desenvolvimento da política de saúde mental, e com apoio da atenção básica, a garantia do acesso é significativa, assim permitindo a inclusão social e a garantia dos direitos e cidadania desses usuários e suas famílias ao Sistema Único de Saúde.O processo de educação permanente trouxe sensibilidade aos profissionais de saúde e ativou a troca de conhecimentos entre as equipes de atenção básica, fortaleceu as orientações e intervenções compartilhadas ao usuário do programa de saúde mental e garantiu a expansão dos serviços do programa de saúde mental na Rede de Atenção Básica municipal.A descentralização dessas ações de saúde mental possibilitou um acesso mais digno ao usuário, além de estruturar e buscar a continua implementação da rede de atenção psicossocial no município de Moju-Pa.

Principal

Alan Machado de Almeida, Katiane Sarraf Daibes Marques

A prática foi aplicada em

Pará

Norte

Instituição

150470

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Título: Autismo – uma causa municipal.
Paraíba
Práticas
TEA/TDAH: inclusão sem discriminação
Paraíba
Práticas
Visita de luto – uma atitude humanizada
Rio de Janeiro
Práticas
Vacinação Sem Barreiras: um Grande Desafio
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Vacinação: Estratégias para o Aumento da Cobertura Vacinal no Município de Barrolândia – TO
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Plano de Recuperação do Faturamento Ses/Df
Distrito Federal
Práticas
Sala de Situação Ses-Df
Distrito Federal
Práticas
Rede Inovases
Distrito Federal
Práticas
Diagnóstico de Atendimento da População Hipertensa/Diabética da Equipe 474/06
Distrito Federal