Olá,

Visitante

Implantação das Práticas Integrativas e Complementares (Pics) A Partir da Experiência Vivida Pelos Servidores da Rede de Atenção À Saúde no Município de Igarapé

o município de Igarapé possui 42.246 habitantes e faz parte da região Metropolitana de Belo Horizonte. Foi identificada baixa participação de usuários em atividades de prevenção e promoção à saúde nas UBS’s. Para incentivar a mudança de estilo de vida e adoção de hábitos saudáveis por parte dos usuários, vimos nas PICS uma importante estratégia de avanço e transformação. Neste contexto, buscamos primeiramente envolver os servidores para que eles sejam os principais multiplicadores e motivadores das práticas junto aos usuários da rede. as PICS possuem recursos terapêuticos que buscam estimular mecanismos naturais de prevenção de doenças e promoção da saúde com uma visão ampliada do processo saúde/doença e da promoção global do cuidado humano. Essas terapêuticas contribuem para a ampliação do modelo de atenção à saúde, pois enxergam o indivíduo na sua integralidade, singularidade e complexidade, avaliando a inserção sociocultural e fortalecendo a relação profissional de saúde/usuário.

Objetivo geral: Ofertar um espaço de reflexão e cuidado para os servidores através das PICS: Meditação e Yoga. Objetivos específicos: Valorizar, estimular e conscientizar os servidores sobre a importância das PICS para o SUS como instrumentos de p o projeto iniciou em maio de 2018 e foi estruturado um encontro em um Hotel Fazenda do município que nos foi cedido um espaço sem ônus. A finalidade foi apresentar as PICS para todos os servidores das Unidades Básicas de Saúde. Durante o período de 4 horas, foram trabalhados conceitos que envolveram as PICS e realizados atividades de interação, relaxamento, meditação e yoga, possibilitando demonstrar que tais práticas podem efetivamente fazer parte da vida cotidiana e proporcionar benefícios aos servidores que se sentiram motivados e valorizados. em um segundo momento foram convidados a traçar diretrizes para implantação das PICS nas Unidades Básicas de Saúde.

Este momento junto aos servidores, ampliou a nossa mobilização a favor das PICS junto aos demais profissionais e usuários do SUS. Atualmente as PICS (Dança Sênior, Meditação, Yoga, Auriculoterapia e Acupuntura) são realizadas nas Unidades Básicas de Saúde com boa adesão por parte da população. Notou-se em seis meses, uma melhoria considerável de vários indicadores relacionados a prevenção e promoção à saúde dos usuários que participam assiduamente das PICS, refletindo na melhor organização e adesão dos usuários aos serviços prestados pela equipe e com relato de melhora da autoestima e das relações interpessoais, além de satisfação dos usuários.Foi possível detectar entre os participantes, mudança do estilo de vida, melhoria no desenvolvimento das capacidades físicas, mentais e comportamentais. Além disso, promoveu aumento da qualidade de vida, proporcionando motivação e empoderamento para o autocuidado e aumento da autoestima. Os servidores relataram o quanto foi importante saírem da rotina e vivenciar as práticas que para a grande maioria eram desconhecidas e se tornaram parte integrante do processo de trabalho deles.

Principal

Beatriz Eugênia Palhares

saude@igarape.mg.gov.br

Coautores

Ludmilla Teles Sant’Anna Flôr, Nathália Iasmim Lopes Cerqueira Pereira, Ritalice Palhares Morgado

A prática foi aplicada em

Igarapé

Minas Gerais

Sudeste

Instituição

Rua Alexandre Nunes, Nº177, Centro, Igarapé - Mg

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Beatriz Eugênia Palhares

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
A Horticultura Como Recurso de Reabilitação Psicossocial dos Pacientes do Capsad de Ponta Grossa
Rio Grande do Sul
Práticas
Vigilância da Febre Amarela: Monotoramento Rápido da Cobertura Vacinal Contra Febre no Município de Rio Claro-Rj
Rio de Janeiro
Práticas
Vigilância das Síndromes Febris Agudas
Práticas
A Redução da Mortalidade Infantil no Município de Guarujá-Sp
São Paulo
Práticas
Promovendo e Fazendo a Saúde do Homem no Território
Tocantins
Práticas
Elaboração Coletiva de Um Guia Prático de Diluição de Medicamento Intravenoso Adulto
Rio de Janeiro
Práticas
Experiências no Enfrentamento da Febre Amarela no Município de Valença em 2018, os Desafios Ante Principais Peculiaridades do Município, Problemas e Desafios da Gestão Local de Saúde
Rio de Janeiro
Práticas
“Implementação do Programa Seja Bem Vindo – Visita Aberta no Hospital de Pronto Socorro Canoas”
Rio Grande do Sul
Práticas
Ressignificação do processo de adolescer
Minas Gerais