Olá,

Visitante

Fazendo Gestão e Qualificação da Fila de Ortopedia na 20º Região de Saúde de Toledo/Paraná

A Ortopedia sempre foi uma das Especialidades com grande demanda na Região de Toledo, tanto na Central de Regulação de Leitos para casos cirúrgicos emergenciais quanto para tratamentos ambulatoriais eletivos. Com 18 municípios e 400.000 habitantes, há um único serviço de referência hospitalar com habilitação de Alta Complexidade localizado no município sede de Toledo. No final de 2018 foi realizado uma análise situacional da especialidade de Ortopedia na região, levantando a fila de espera de tratamento fora do domicílio e também dos pacientes na Central de Leitos.

o objetivo geral do projeto é qualificar o acesso dos usuários que possuem necessidade de saúde em Ortopedia, organizando os fluxos e separando os pacientes que seriam da urgência (Central de Regulação de Leitos) dos que podem ser resolvidos nos Ambu Esta proposta foi inicialmente levantada pelos gestores, Regional de Saúde e CONSAMU nas reuniões de monitoramento da RUE (GT-RUE) e pactuada na Comissão Intergestores Bipartite(CIR). No passo a passo, o processo ocorreu: Fortalecimento do Grupo de Trabalho da RUE com encontros mensais na 20º Regional de Saúde com todos os atores envolvidos (gestores, COSEMS, Regional de Saúde, SAMU, prestadores de serviço) Análise das solicitações dos municípios para encaminhamento de usuários para tratamento de Ortopedia nos espelhos da Central de Leitos Confeccionar protocolo/linha guia norteadora dos encaminhamentos de Ortopedia Pactuação com o ambulatório do Consórcio para retirada dos usuários da Emergência para avaliação e tratamento ambulatorial

Qualificação da fila de urgência na Ortopedia na Região com melhora no fluxo dos usuários e maior acesso para quem realmente precisa nas urgências de Trauma/Ortopedia. Redução significativa no tempo de espera dos pacientes da Central de Regulação de Leitos (de 15 dias para 03 dias) e do número de pacientes clicados.o monitoramento do território se inicia pelos grupos de governança organizados nas Regiões de Saúde pela Regional de Saúde em parceria com o apoiador do COSEMS/PR. Estes grupos de trabalho possuem membros natos que são atores sociais imprescindíveis para que a rede se consolide e se organize. No SUS quem deve chegar primeiro é a informação dos usuários e depois o próprio usuário, porque isto mostra organização dos fluxos e maior cuidado da população em seu território de referência.

Principal

Nissandra Karsten

nissandra.karsten@sesa.pr.gov.br

Coautores

Alberilocatelli, Jociane Job De Souza, Marlei Friedrich, Lilian Welz, Rodrigo Nicácio Santa Cruz

A prática foi aplicada em

Toledo

Paraná

Sul

Instituição

Rua Rui Barbosa, 1638, Ap 31, Centro – Toledo-Pr

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Alberi Locatelli

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Título: Autismo – uma causa municipal.
Paraíba
Práticas
TEA/TDAH: inclusão sem discriminação
Paraíba
Práticas
Visita de luto – uma atitude humanizada
Rio de Janeiro
Práticas
Vacinação Sem Barreiras: um Grande Desafio
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Vacinação: Estratégias para o Aumento da Cobertura Vacinal no Município de Barrolândia – TO
Todos os Estados (Norte)
Práticas
Plano de Recuperação do Faturamento Ses/Df
Distrito Federal
Práticas
Sala de Situação Ses-Df
Distrito Federal
Práticas
Rede Inovases
Distrito Federal
Práticas
Diagnóstico de Atendimento da População Hipertensa/Diabética da Equipe 474/06
Distrito Federal