Olá,

Visitante

Estudo Comparativo dos Indicadores Financeiros Município de Sobral Ceará, Entre Os Anos de 2013 A 2017

Indicadores são ferramentas fundamentais para acompanhamento das aplicações recursos mínimos em saúde, para avaliação da capacidade de arrecadação do ente e do nível de dependência desse em relação aos demais entes federados (BRASIL, 2013). Para Gonçalves e Sampaio (2015), os indicadores de saúde podem ser conceituados como parâmetros utilizados com o objetivo de avaliar, sob o ponto de vista sanitário, a higidez de agregados humanos, bem como fornecer subsídios ao planejamento de saúde, permitindo acompanhamento das flutuações e tendências históricas do padrão sanitário de diferentes coletividades consideradas à mesma época ou da mesma coletividade em diversos períodos de tempo. A compreensão da evolução dos indicadores financeiros da saúde no município de Sobral/CE, justifica o interesse pela pesquisa, que irá comparar os resultados relacionados a cinco anos de gestão e contribuirá para a tomada de decisão dos gestores no direcionamento dos recursos financeiros na economia de escala

Comparar os indicadores financeiros de saúde do município de Sobral/CE, entre os anos de 2013 a 2017, identificando os dados financeiros através da plataforma Sistema de Informações sobre Orçamentos Público em Saúde (SIOPS) realizando um comparativo A pesquisa do tipo exploratório, transversal, analítico e quantitativo, que utilizou dados públicos, disponíveis no SIOPS. o SIOPS “é um sistema de coleta e processamento de dados sobre receitas totais e gastos com ações e serviços públicos de saúde das três esferas de governo. Esse sistema é uma referência para o acompanhamento, a fiscalização e o controle da aplicação dos recursos vinculados em ações e serviços públicos de saúde. São analisados os valores percentuais aplicados pelas diferentes esferas de governo e comparados aos valores mínimos previstos para o período de transição da EC-29. (CAMPELLI E CALVO, 2007).

Observa-se que o município de Sobral vem investindo na Atenção Básica em uma média de 47% da sua despesa está voltada para a atenção básica. A taxa de mortalidade infantil no município de Sobral teve uma redução significativa nos últimos anos. Iniciativas relevantes adotadas pelo município, como: a implantação da estratégia Trevo de Quatro Folhas, em 2001 e a implantação do Comitê Municipal de Prevenção à Materna, Perinatal e Infantil, contribuíram para essa redução (SOBRAL, 2017).Nessa perspectiva, o município de Sobral, investindo em atenção básica, tem buscado o desenvolvimento de programas, projetos e ações, nas diversas políticas setoriais, para uma efetiva redução da mortalidade infantil.

Principal

Tereza Doralúcia Rodrigues Ponte

terezadoralucia@hotmail.com

Coautores

Antônia Marcia Macêdo De Sousa, Maria Lucila Magalhães Rodrigues,

A prática foi aplicada em

Sobral

Ceará

Nordeste

Instituição

Rua Dos Tabajaras, 268

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Gerardo Cristino Filho

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Primeira Mostra de Experiência da Linha de Cuidado Sobrepeso e Obesidade, Os Resultados Alcançados Pelo Município de Parapuã Sp
São Paulo
Práticas
Compulsão Decisória na Judicialização da Saúde, des estruturando e des afiando o Financiamento Finito do Sistema Único de Saúde
São Paulo
Práticas
Regulação do Acesso À Atenção Especializada: des coberta de um Iceberg e des afios A Serem Superados
São Paulo
Práticas
Fórum Permanente de Embu Guacu: uma Possibilidade de Organização do Cuidado Intersetorial
São Paulo
Práticas
Profilaxia Pré-Exposição ao Hiv (Prep) como Nova Estratégia para A Prevenção do Hiv – uma Experiência Multiprofissional
São Paulo
Práticas
Consultório na Rua: uma Ampliação da Abordagem das Pessoas Vivendo com Hiv/Aids Focando A Adesão
São Paulo
Práticas
Processo Formativo de Apoio em Saúde Mental no Município de Franco da Rocha – Sp
São Paulo
Práticas
Estruturação da Rede de Saúde de Franco da Rocha: Análise do Financiamento das Ações, Por Meio da Transferência de Recursos Obrigatórios e Voluntários ao Município
São Paulo
Práticas
Participação Social na Construção do Planejamento Estratégico em Saúde e do Plano de Educação Permanente no Território de Ermelino Matarazzo/Sp
São Paulo
Práticas
Impactos da Formação de Trabalhadores Sobre Práticas Relativas ao Uso Racional de Medicamentos: Experiência no Contexto do Plano Regional de Educação Permanente em Saúde (Pareps)
São Paulo