Olá,

Visitante

Estudo Comparativo dos Indicadores Financeiros Município de Sobral Ceará, Entre Os Anos de 2013 A 2017

Indicadores são ferramentas fundamentais para acompanhamento das aplicações recursos mínimos em saúde, para avaliação da capacidade de arrecadação do ente e do nível de dependência desse em relação aos demais entes federados (BRASIL, 2013). Para Gonçalves e Sampaio (2015), os indicadores de saúde podem ser conceituados como parâmetros utilizados com o objetivo de avaliar, sob o ponto de vista sanitário, a higidez de agregados humanos, bem como fornecer subsídios ao planejamento de saúde, permitindo acompanhamento das flutuações e tendências históricas do padrão sanitário de diferentes coletividades consideradas à mesma época ou da mesma coletividade em diversos períodos de tempo. A compreensão da evolução dos indicadores financeiros da saúde no município de Sobral/CE, justifica o interesse pela pesquisa, que irá comparar os resultados relacionados a cinco anos de gestão e contribuirá para a tomada de decisão dos gestores no direcionamento dos recursos financeiros na economia de escala

Comparar os indicadores financeiros de saúde do município de Sobral/CE, entre os anos de 2013 a 2017, identificando os dados financeiros através da plataforma Sistema de Informações sobre Orçamentos Público em Saúde (SIOPS) realizando um comparativo A pesquisa do tipo exploratório, transversal, analítico e quantitativo, que utilizou dados públicos, disponíveis no SIOPS. o SIOPS “é um sistema de coleta e processamento de dados sobre receitas totais e gastos com ações e serviços públicos de saúde das três esferas de governo. Esse sistema é uma referência para o acompanhamento, a fiscalização e o controle da aplicação dos recursos vinculados em ações e serviços públicos de saúde. São analisados os valores percentuais aplicados pelas diferentes esferas de governo e comparados aos valores mínimos previstos para o período de transição da EC-29. (CAMPELLI E CALVO, 2007).

Observa-se que o município de Sobral vem investindo na Atenção Básica em uma média de 47% da sua despesa está voltada para a atenção básica. A taxa de mortalidade infantil no município de Sobral teve uma redução significativa nos últimos anos. Iniciativas relevantes adotadas pelo município, como: a implantação da estratégia Trevo de Quatro Folhas, em 2001 e a implantação do Comitê Municipal de Prevenção à Materna, Perinatal e Infantil, contribuíram para essa redução (SOBRAL, 2017).Nessa perspectiva, o município de Sobral, investindo em atenção básica, tem buscado o desenvolvimento de programas, projetos e ações, nas diversas políticas setoriais, para uma efetiva redução da mortalidade infantil.

Principal

Tereza Doralúcia Rodrigues Ponte

terezadoralucia@hotmail.com

Coautores

Antônia Marcia Macêdo De Sousa, Maria Lucila Magalhães Rodrigues,

A prática foi aplicada em

Sobral

Ceará

Nordeste

Instituição

Rua Dos Tabajaras, 268

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Gerardo Cristino Filho

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Vigilância e Controle da Febre Amarela na Coordenadoria Regional de Saúde Sul do Município de São Paulo
São Paulo
Práticas
Sucessus 2018: Nossa Equipe É Show! – Valorização do Trabalhador do SUS e das Experiências Inovadoras no Cuidado em Saúde na Região de Vila Prudente/Sapopemba, Município de Sp
São Paulo
Práticas
Experiência de des institucionalização: o Resgate da Cidadania e da Dignidade no Relato de Profissionais e Pacientes
São Paulo
Práticas
Educação Permanente em Saúde Diária como Estratégia de Sustentação na Integração Entre Equipes Técnicas Distintas – Atenção Básica e Vigilâncias
São Paulo
Práticas
Avaliação Interdisciplinar e Diagnóstico Diferencial – Mobilização na Busca de uma Linha de Cuidado Assertiva no Cer de São Bernardo do Campo
São Paulo
Práticas
Intervenção do Farmacêutico do Nasf no Uso Irracional de Antiinflamatórios Não Esteroidais (Aines), uma Experiência da Ubs União
São Paulo
Práticas
Tecendo Redes: uma Experiência de Articulação do Trabalho em Rede Intersetorial em um Território de Saúde no Município de Assis/Sp
São Paulo
Práticas
Empoderamento Social em Defesa do SUS no Município de des calvado – Sp
São Paulo
Práticas
A Experiência de Implantação da Política de Saúde Integral para Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (Lgbt) na Região Central do Município de São Paulo
São Paulo
Práticas
des envolvimento da Gestão de Custos no SUS em São José do Rio Preto
São Paulo