Olá,

Visitante

des afios e Êxitos da Saúde Bucal no Cotidiano da Atenção Básica com Implantação de Consultório Odontológico nas Escolas

A implantação do projeto de escovação diária nas escolas municipais em crianças de 01 a 14 anos, foi elaborado devido a constatação do alto índice de caries nessas faixas etárias. Esse cenário ilustra a importância da inserção da odontologia do Sistema Único de Saúde – SUS nas escolas, como estratégia de transformação da prática, introduzindo novos conceitos, conteúdos e formas de organização e buscando a melhoria das condições de saúde bucal da população. Observa-se frequentemente nos consultórios de odontologia da Atenção Básica a negligencia das mães ou responsáveis legais com o cuidado da saúde bucal das crianças, cuidados esses relacionados a escovação e prevenção da carie. Apesar do comparecimento no consultório odontológico das Unidades Básicas de Saúde, em muitos casos nota-se uma falta de comprometimento na continuidade desse tratamento. Assim sendo, a carie é avaliada como problema de saúde pública no Brasil, além de ser um dos indicadores epidemiológicos de saúde bucal.

Melhorar o indicador epidemiológico, através da redução de caries nos alunos, a fim de continuarmos colaborando com a redução da incidência da cárie dental, um problema de saúde pública. 1 – A Secretaria Municipal de Saúde adquiriu e implantou um consultório odontológico dentro do Centro de Educação Infantil Arte e Vida, 3 kits de escovódromos e cada aluno recebeu um kit de prevenção bucal (escova dental, dentifrício fluoretado e fio dental). 2- Reunião com os diretores das 2 escolas municipais localizadas no município e com educandos entre 01 a 14 anos de idade, apresentando e esclarecendo os métodos e os objetivos do projeto. Todos os diretores concordaram em participar e aceitaram a implantação e execução do projeto. 3 – foi realizado o reconhecimento da situação atual, através de avaliação bucal verificando se os educandos costumavam fazer higiene bucal ao acordar, e após as refeições…

o Projeto contemplou 650 alunos e após 8 meses onde se deu o início ao projeto de escovação diária nas escolas, a equipe de saúde bucal concluiu que houve uma aceitação favorável o que levou a uma redução significativa do índice de carie nos alunos envolvidos no projeto. Constatou se uma redução de 30% do índice de carie nos referidos alunos, melhorando o indicador epidemiológico do município.A inserção da profissional de saúde no meio escolar onde convivem as crianças foi bem sucedida, muitas crianças relataram que não tinham escovas individuais, e muitas disseram que não faziam escovação diária, a escolha adequada da estratégia de educação em saúde para o ciclo de vida do público alvo foi relevante a fim de alcançar os resultados esperados.

Principal

Angela Cristina Marques Rosa Souza

angela_marquesrosa@hotmail.com

Coautores

Liz Elaine Ramos Belo

A prática foi aplicada em

Douradina

Mato Grosso do Sul

Centro-Oeste

Instituição

Rua Domingos Da Silva, Nº 1179

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

Angela Cristina Marques Rosa Souza

Conta vinculada

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Regulação do Acesso À Atenção Especializada: des coberta de um Iceberg e des afios A Serem Superados
São Paulo
Práticas
Fórum Permanente de Embu Guacu: uma Possibilidade de Organização do Cuidado Intersetorial
São Paulo
Práticas
Profilaxia Pré-Exposição ao Hiv (Prep) como Nova Estratégia para A Prevenção do Hiv – uma Experiência Multiprofissional
São Paulo
Práticas
Consultório na Rua: uma Ampliação da Abordagem das Pessoas Vivendo com Hiv/Aids Focando A Adesão
São Paulo
Práticas
Processo Formativo de Apoio em Saúde Mental no Município de Franco da Rocha – Sp
São Paulo
Práticas
Estruturação da Rede de Saúde de Franco da Rocha: Análise do Financiamento das Ações, Por Meio da Transferência de Recursos Obrigatórios e Voluntários ao Município
São Paulo
Práticas
Participação Social na Construção do Planejamento Estratégico em Saúde e do Plano de Educação Permanente no Território de Ermelino Matarazzo/Sp
São Paulo
Práticas
Impactos da Formação de Trabalhadores Sobre Práticas Relativas ao Uso Racional de Medicamentos: Experiência no Contexto do Plano Regional de Educação Permanente em Saúde (Pareps)
São Paulo
Práticas
A Assistência Farmacêutica como Veículo de Educação e Economia
São Paulo
Práticas
Programa de Automonitoramento Glicêmico para Paciente Diabético Insulinodependente
São Paulo