Olá,

Visitante

Construção do Plano Municipal de Saúde do Município do Crato – Ce 2014 a 2017 com a Participação Social.

A Secretaria Municipal de Saúde do Crato visando construir o Plano Municipal de Saúde (PMS) numa visão de gestão democrática e transparente adotou o planejamento estratégico participativo, buscando compreender a realidade local, baseada numa concepção metodológica dialética. Levando em conta o ser humano nas dimensões política, econômica, social, cultural e emocional. Realizou um diagnóstico da situação da saúde dos cratenses, junto com a sociedade que culminou na elaboração do PMS, cujo objetivo é efetivar os direitos SUS e melhorar a qualidade de vida da população. Foram realizadas quatro oficinas baseadas na avaliação da ambiência interna e externa com a participação de diversos seguimentos da sociedade da zona rural e urbana, de organizações governamentais e não governamentais, evidenciando os cenários, ameaças e oportunidades, bem como as forças e os pontos críticos. Traduzidas em perguntas norteadoras: O que te faz Feliz? O que te faz infeliz na saúde do município? subdivididas em cinco eixos: Atenção Primária e Educação Permanente

Construir o Plano Municipal de Saúde (PMS) numa visão de gestão democrática e transparente

Portanto, a construção do Plano Municipal de Saúde embasado no planejamento estratégico participativo se constitui um desafio de planejamento e organização, e ao mesmo tempo uma experiência muito rica, especialmente nas oficinas com compartilhamento de saberes científicos e populares, além da identificação vários olhares: pontos fortes e pontos fracos e ambiência interna e externa que serviu de instrumento para o estabelecimento diretrizes, metas e ações que serão desenvolvidas pela gestão municipal de 2014 a 2017. Assim, estes diversos olhares que participaram da construção, nos direcionaram para instituir um PMS que seja capaz de atender as necessidades de saúde da população e ao mesmo tempo seja factível de operacionalização, monitoramento e avaliação, desenvolvendo um espirito de corresponsabilidade mútua entre a população e a gestão.

Principal

Danielle de Norões Mota

daniellenoroes@yahoo.com.br

A prática foi aplicada em

Crato

Ceará

Nordeste

Instituição

Largo Júlio Saraiva

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Danielle de Norões Mota

Conta vinculada

theoucunha@gmail.com

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Estratificação de Pacientes Ambulatoriais Através de Rotas Permite Que Pacientes em Situação de Risco Não Fiquem Esquecidos na Linha de Cuidados Ambulatoriais.
Paraná
Práticas
Cuidar e Acolher Um Sonho Possível
Sergipe
Práticas
Digite Saúdeeste Portal de Saúde Alinha de Forma Interativa, Gestores, Provedores, Médicos e Usuários Permitindo Alto Impacto e Grande Alcance, Melhorando a Coleta de Dados e os Resultados obtidos.
São Paulo
Práticas
Comunicare – Redes Temáticas
Minas Gerais