Olá,

Visitante

Atendimento Médico Domiciliar Reduzem Leitos de Internações em Hospitais

A atenção primária a saúde (APS) é um dos eixos estruturantes do Sistema Único de Saúde (SUS), deve ser a norteadora do cuidado das pessoas e ser parte estruturante das redes de saúde. Um dos pilares da atenção a saúde das equipes de Saúde da Família são as visitas domiciliares (VD). Conforme descrição do Tratado de Medicina de Família e Comunidade, 2012, a mesma tem como prioridade o diagnóstico da realidade do indivíduo e as ações educativas, ainda, deve ser a base para planejamento das ações da equipe de saúde. Esta foi a ferramenta utilizada, a partir de julho de 2017, para acompanhamento de pessoas com problemas de saúde mental das unidades do município de Porto Firme. Existe uma alta prevalência de pessoas com essas demandas e havia um número importante de internações psiquiátricas e encaminhamentos de urgência por dificuldade de manejo do cuidado para esses pacientes e seus familiares.

Reduzir as internações psiquiátricas e encaminhamentos de urgência para serviços de saúde mental para pacientes acompanhados pelas equipes de Saúde da Família em Porto Firme, Minas Gerais. o município conta com 5 equipes de saúde da família (com 2000 pessoas cada equipe, aproximadamente). São realizadas VD para as pessoas com problemas de saúde mental semanalmente, sendo alternadas entre o médico da unidade e um acadêmico de Medicina que esteja realizando o internato rural na equipe. Desta forma as pessoas recebem uma VD quizenalmente ou em período menor quando a equipe julga necessário. Nas VD são discutidas com a família e a pessoa questões do cuidado de forma integral, principalmente estratégias de independência nas atividades de vida diária e manejo da administração de medicamentos.

Foram acompanhadas, no período de julho de 2017 a Janeiro de 2019, 45 pessoas com problemas de saúde mental no município. Houve redução de 70% das internações psiquiátricas e de 85% dos encaminhamentos de urgência para serviços de saúde mental. De forma qualitativa, observou- se melhoria no vínculo das pessoas com as equipes de saúde.Entende-se que a APS como coordenadora do cuidado passa por uma equipe que trabalha de forma integrada e com comunicação eficaz entre seus membros e com os usuários. Desta forma, a aproximação dos usuários por meio das VD maximizou o vínculo e reduziu as intervenções de urgência para estas pessoas.

Principal

João Rodrigo De Melo Oliveira

joaorodrigopf@gmail.com

Coautores

Letícia Maria Da Silva, Rosana Oliveira Pierre Fernandes,

A prática foi aplicada em

Porto Firme

Minas Gerais

Sudeste

Rua José Felipe De Barros, 500

Uma organização do tipo

Instituição Privada

Foi cadastrada por

João Rodrigo De Melo Oliveira

joaorodrigopf@gmail.com

23 set 2023

e atualizada em

23 set 2023

Seu Período de Execução foi de

até

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Plano de Recuperação do Faturamento Ses/Df
Distrito Federal
Práticas
Sala de Situação Ses-Df
Distrito Federal
Práticas
Rede Inovases
Distrito Federal
Práticas
Diagnóstico de Atendimento da População Hipertensa/Diabética da Equipe 474/06
Distrito Federal
Práticas
Atenção Odontológica na Primeira Infância: Meu Primeiro Dentista
Tocantins
Práticas
Informação em Saúde Preventiva nos Meios de Comunicação
Tocantins
Práticas
Projeto Vida: Humanizar É Preciso
Tocantins
Práticas
Qual Significado de Morar em um Srt e A Importância da Inclusão des tes Moradores com Transtornos Mentais no Mercado de Trabalho: Relato da Experiência Vivenciada em Orindiúva
São Paulo