Olá,

Visitante

Assistência Humanizada ao Recém-Nascido Internado na Unidade Neonatal: uma Proposta de Tecnologia Educativa para orientações Às Mães

FINALIDADE DA EXPERIÊNCIA: O presente estudo tem como objetivo o desenvolvimento de um aplicativo como instrumento da Educação em Saúde par telefonia móvel, um software educativo par celular em plataforma Android acessível e de fácil entendimento, visa mediar o acolhimento de mães de recém-nascidos internados em Unidade neonatal, que aborde informações sobre o ambiente neonatal, os cuidados ao neonato e as orientações de alta da Unidade neonatal.DINÂMICA E ESTRATÉGIAS DOS PROCEDIMENTOS USADOS: Trata-se de uma pesquisa de campo de desenvolvimento metodológico, descritivo, transversal, com abordagem qualitativa- quantitativa INDICADORES/VARIÁVEIS/COLETA DE DADOS: O cenário da pesquisa foi a Unidade neonatal do Hospital Regional de Tucuruí(HRT/PA) com 33 mães cujos filhos estavam internados na Unidade neonatal (UN), onde utilizou-se o instrumento semi-estruturado questionário denominado NPST (Nurse Parent Support Too), denominado questionário de Suporte de Enfermagem oferecido aos pais organizados em escala tipo Likert, a coleta de dados somente ocorreu após a leitura e assinatura do TCLE, com respeito a Resolução nº 466/12 do CNS, que garante plena liberdade do participante se recusar a participar ou retirar seu consentimento, em qualquer fase da pesquisa, quando aplicável, sem penalização alguma.OBSERVAÇÕES/AVALIAÇÃO/MONITORAMENTO: A análise quantitativa dos dados baseou-se na análise estatística descritiva, sendo utilizado o programa Microsoft Excel 2013 e Minitab 3.0, obtendo-se as medidas de tendência central e dispersão a partir da escala de Likert. A análise qualitativa fundamentou-se na análise temática de Minayo

O acolhimento é uma diretriz da Política Nacional de Humanização (PNH), que não tem local e nem hora certa para acontecer, nem um profissional específico para fazê-lo: faz parte de todos os encontros do serviço de saúde, sendo uma postura ética que implica na escuta do usuário e suas queixas, no reconhecimento do seu protagonismo no processo de saúde e adoecimento, e na responsabilização pela resolução, com ativação de redes de compartilhamento de saberes (BRASIL, 2013)

Conclui-se que este aplicativo é válido e pode contribuir para a memorização dos conteúdos a serem desenvolvidos, pois oportuniza a busca do conhecimento em local e horário que a mãe desejar, pela flexibilidade de acesso, assim como, favorece o acolhimento dos familiares na Unidade neonatal, e representará uma possibilidade de modificar à prática de Educação em Saúde pautada na prática monótona e repetitivo par uma pratica dinâmica, humanizada e participativa.

Principal

Suziane de Souza Giroux, Aurimery Gomes Chermont

ss.giroux@hotmail.com

A prática foi aplicada em

Tucuruí

Pará

Norte

Instituição

R. José Neri Tôrres, 102

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Suziane de Souza Giroux, Aurimery Gomes Chermont

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
A educação permanente dos profissionais de enfermagem como estratégia no enfrentamento à dengue
Paraíba
Práticas
Oficina de atualizacao dos cadastros para melhoria da cobertura vacinal em Junco do Serido-PB
Paraíba
Práticas
Educação em gênero no SUS e a proteção integral à mulher em situação de violência na atenção primária
Paraíba
Práticas
Era uma vez, apresentando uma história de cuidado e amor – a importância da educação vacinal desde o berço
Paraíba
Práticas
Estratégia de comunicação pública voltada à saúde no ambiente digital em Campina Grande
Paraíba
Práticas
Atuação do programa saúde na escola (PSE) no enfrentamento da dengue e outras arboviroses
Paraíba