Olá,

Visitante

“Integração Entre a Vigilância em Saúde e a Atenção Primária em Saúde no Brasil: Desafios e Contribuições para o SUS.”

FINALIDADE DA EXPERIÊNCIA:A pesquisa (aprovada pelo Comitê de Ética do CPqAM/FIOCRUZ) explorou o fenômeno a partir de diferentes realidades, nas três esferas de gestão do SUS, com objetivo analisar as concepções, os principais desafios e as principais contribuições da integração entra a VS e a APS para o SUS, na perspectiva de seus gestores, no Brasil, de 2010 – 2012. DINÂMICA E ESTRATÉGIAS DOS PROCEDIMENTOS USADOS: Tratou-se de um estudo fenomenológico e fenomenográfico, não experimental e exploratória, de combinação de abordagem. Enfoque quantitativo: levantamento sarvey, de corte-transversal não probabilístico. Enfoque qualitativo: método interpretativista, análise de conteúdo do tipo temático e descritivo, com propósito exploratório, analítico e interpretativo-explicativo. Amostra de intencionalidade e racionalidade, unidade de análise foi a Gestão Tripartite. Os sujeitos foram secretários municipais e estaduais de saúde, presidentes de COSEMS, Membros de Câmaras Técncias e gestores de áreas técnicas dos 16 estados/DF e de 29 municípios, das cinco regiões do país. Bem como, na esfera federal, dirigentes da SAS, SEVS, FUNASA, ANVISA, COSEMS, CONASS. O plano de análise foi uma triangulação de método, realizada através de pesquisa de campo (Sondagem de Opinião e Entrevista Semiestruturada) e análise documental (publicações da OMS, OPAS, MS, CONASS, CONASEMS).O estudo foi submetido as seguintes apreciações:•

A Integração entre a Vigilância em Saúde (VS) e a Atenção Primária em Saúde (APS) é condição obrigatória para a construção da integralidade no SUS e contribuem para o atendimento integral e melhoria das Redes de Atenção à Saúde (RAS). Impõe discussão sobre a integração do próprio sistema para além da atenção, da VS e da promoção à saúde. Envolve as esferas de gestão, o Modelo, a Política de Saúde e a construção das RAS. Esta aproximação tem sido feita pelo conectivo “e”, como todo conectivo, produz aproximação tensa e agrega separando.

SUGESTÕES DE APLICABILIDADE/IMPACTOS: – Processo de Construção das Redes de Atenção à Saúde- Construção do COAP – Processo de Qualificação da Atenção Primária em Saúde (PMAQ)- Processo de Qualificação da Vigilância em Saúde (PQA-VS)- Processo de Integração das ações do ACE e do ACS (de acordo com DECRETO Nº 8.474, DE JUNHO DE 2015- Na compreensão dos gestores, a integração entre a VS e a APS poderá contribuir de forma mais contundente para a garantia da equidade e da integralidade no SUS.Percebeu-se a necessidade de sistematização de um novo processo investigativo do problema sob a ótica dos trabalhadores e usuários da saúde

Principal

Manases José Bernardo de Lima

A prática foi aplicada em

Camaragibe

Pernambuco

Nordeste

Instituição

Av. Dr. Belmínio Correia, 2340 – Timbi

Uma organização do tipo

Instituição pública

Foi cadastrada por

Manases José Bernardo de Lima

Conta vinculada

A prática foi cadastrada em

02 jun 2023

e atualizada em

14 set 2023

Condição da prática

Concluída

Situação da Prática

Arquivos

Palavras-chave

nenhuma

Você pode se interessar também

Práticas
Gestão de saúde em Queimadas – PB: uso estratégico da informação no planejamento das ações
Paraíba
Práticas
Implantação e ampliação de Serviço Especializado em município do sertão da Paraíba
Paraíba
Práticas
Gestão de saúde de Cabedelo na implantação da nova lei de licitações: desafios e conquistas
Paraíba
Práticas
Processo de elaboração do Plano Municipal de Saúde 2022-2025- relato de experiência.
Paraíba
Práticas
INFORMATIZAÇÃO DA REGULAÇÃO MUNICIPAL COM A ATENÇÃO PRIMÁRIA COMO COORDENADORA DO CUIDADO
Rio de Janeiro
Práticas
A importância da implantação de sistema de regulação de exames no Município de mendes.
Rio de Janeiro
Práticas
Ideação suicida e tentativas de suicídio: uma análise de casos do SAMU 192 no interior do estado do RJ.
Rio de Janeiro